Aracaju, 1 de agosto de 2021

Defesa Civil de Aracaju mantém atenção aos impactos da alta da maré

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), mantém o monitoramento aos impactos que podem ser provocados pela alta da maré, que ocorre desde o sábado, 27, e segue até esta segunda-feira, 1°.

Neste domingo, 28, a maré atingiu 2,3 metros, às 17:40. Essa mesma proporção também é prevista para segunda-feira, às 17:57.

“Neste último dia de fevereiro e primeiro de março nós temos duas marés de 2.3 metros, que é o início de volume de água que nos alerta para transbordamento das bocas de lobo, o refluxo. Nossa equipe esteve monitorando, entretanto não houve problemas em virtude de um baixo fluxo de veículos circulando. A água não chegou a entrar nas casas. Amanhã continuaremos em alerta”, explica o secretário da Defesa Social e da Cidadania, coronel Luís Fernando Almeida.

De maneira preventiva, para que a população mantenha o estado de atenção, a Defesa Civil do Município vem encaminhando, diariamente, mensagens aos números cadastrados no Serviço de Alerta por SMS 40199 com informações sobre o volume e horário esperado para cada dia de maré alta.

Para realizar o cadastro no Serviço de Alerta por SMS é preciso enviar um SMS para o número 40199 e inserir no campo de texto da mensagem o CEP da localidade sobre a qual deseja receber informações.

O serviço é gratuito e permite cadastrar mais de um CEP. Em situação de emergência, a população deve acionar a Defesa Civil através do número emergencial 199, que funciona 24h, em todos os dias da semana.

Fonte e foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa