Aracaju, 3 de agosto de 2021

BANESE E FAMES DISCUTEM FINANCIAMENTO DE SALÁRIOS ATRASADOS DE MUNICÍPIOS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Equipes também alinham soluções para capacitação de gestores, captação de recursos e execução de obras públicas

Os presidentes do Banese, Helom Oliveira, e da Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (Fames), Christiano Cavalcante, reuniram-se na sexta-feira (26), para discutir demandas de prefeituras do estado. As duas principais ações alinhadas entre o banco e a federação foram a criação de linhas de crédito especiais para o pagamento de folhas salariais atrasadas de algumas prefeituras e o desenvolvimento de capacitações técnicas para gestores públicos municipais.

A Fames levou ao Banese a solicitação de uma parceria com a Escola de Gestão Governador João Alves Filho, ligada à Federação, para promover qualificação administrativa para prefeitos e técnicos. “O presidente Helom e sua equipe nos receberam de uma forma muito positiva. Vamos finalizar esse projeto, vamos trazê-lo nos próximos 30 dias para que possamos colocá-lo em prática”, explicou Christiano Cavalcante.

Na oportunidade, foi apresentada à Federação o Projetar.SE, uma solução inovadora pensada pelo Governo de Sergipe e Banese para assessorar os municípios sergipanos em:

– Planejamento e elaboração de projetos técnicos para obras públicas;

– Execução e prestação de contas destas obras.

“O Projetar.SE nasceu de uma demanda do Governo do Estado, no sentido de direcionar ações do grupo Banese na promoção  do desenvolvimento regional. Trata-se de um apoio técnico gratuito que tem em seu horizonte o aumento do desenvolvimento econômico e social de todas as cidades dos oito territórios”, explicou Helom Oliveira.

Para Christiano Cavalcante, o Projetar.SE vai ajudar muito os municípios a gerar receita para o Estado e para os seus municípios também. “É uma iniciativa que vai melhorar a qualidade de vida do povo, pois vai fazer com que a economia gire, que surjam novas oportunidades de negócios e de empregos, trazendo mais prosperidade para Sergipe”, avaliou.

A Fames também se propôs a fazer a interlocução entre o Banese e as prefeituras em Sergipe para possibilitar o financiamento da quitação de salários atrasados. “Há prefeitos que assumiram em janeiro de 2021 e receberam os municípios com algumas folhas atrasadas, por isso queremos reforçar a importância dessa parceria”, acrescentou Cavalcante.

Também participaram da reunião o presidente da Escola de Gestão Governador João Alves Filho, Jorge Teles, o superintendente do Instituto Banese, Ezio Déda, e a arquiteta e urbanista Shirley Dantas.

Da assessoria

Foto: Márcio Dantas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Ana Patricia/Rebeca caem para dupla suíça. Brasileiras fizeram jogo equilibrado
Felipe Franco está namorando jogadora de vôlei: “Tenho uma nova força”
Martine Grael e Kahena Kunze conquistam a medalha de ouro na vela
Alison dos Santos conquista bronze nos 400m com barreiras nas Olimpíadas de Tóquio