Aracaju, 28 de julho de 2021

A Pandemia e o descontrole

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

Não há uma conscientização da população em relação ao Coronavírus. Toda essa onda em torno de medidas para frear o crescimento da pandemia, não consegue superar a irresponsabilidade de uma maioria expressiva, que não acredita no Virus e o trata como se fosse produto de mentes doentias. Vem sendo assim desde o início do ano passado, mesmo com um mutirão para sepultamentos daqueles que não suportaram a doença e foram enterrados distantes das famílias. E mesmo muitos que perderam entes queridos, sofreram com suas mortes e estão órfãos de pai e mãe, mantiveram o ritmo de vida em aglomerações.

A princípio, o Brasil assistiu a absoluta indiferença do presidente da República, Jair Bolsonaro, em relação ao vírus que infectava o Brasil. Seria uma “gripezinha”, como classificou ele, e levou uma parte da população que o acompanha politicamente, a desfazer e desacreditar a tudo que médicos e cientistas anunciavam. Bolsonaro promoveu aglomerações constantes, jogou virus a milhares de fanáticos que ainda hoje o  seguem, além de colaborar com a morte de muita gente que pensava como ele. Para piorar, passou a receitar medicamentos que nada tinham a ver com a doença e nem colaboravam para reduzir a proliferação.

Teve mais: ridicularizou todos os procedimentos sanitários. Sequer usou máscara, nunca lavou as mão e nem utilizou álcool para higienização. Um horror! Além disso, passou a frequentar feiras, bares e locais sem qualquer prevenção à doença, para se tornar popular, mais conhecido e montar uma estrutura para reeleição. O comportamento do presidente em relação à pandemia foi extremamente nocivo e colaborou para o número excessivo de vítimas. E não terminou aí: rebelou-se contra a importação de vacinas e prejudicou a chegada delas ao Brasil, como se tivesse o propósito de provocar o predomínio da doença e os efeitos que ela causava à população, principalmente aos idosos.

Os resultados disso tudo estão sendo revelados agora, mas depois de uma luta que vem sendo travada há meses e que um número alto de famílias foi destruído pelo coronavírus, sob a complacência de autoridades e a irresponsabilidade de quem não conseguiu ter todos os cuidados para evitar o triste caos. Agora a exigência da Vacina, as vozes se levantando em favor de medidas severas que reduzam a pandemia e, de todas as formas, a luta contra a insanidade de quem não consegue por as mãos na consciência e sentir que as aglomerações são a fotografia de uma gente sem sentimento que continua transmitindo o virus, morrendo ou matando, impunemente. Tudo muito triste. Mas, quem será o próximo???

Números avaliam

O governador Belivaldo Chagas vai se reunir com o Comitê Técnico Científico amanhã a partir das 10 horas, mas o que vai valer são os números do período, para que se adote alguma medida restritiva ou não.

*** Será feita uma avaliação de toda a situação no Estado, com dado, sobre a ampliação e variação da Covid depois do carnaval. Esse será o parâmetro.

Vacinas para Sergipe

Há expectativa de novas doses de vacinas Coronavac chegarem a Sergipe ainda hoje. Não há informação sobre o horário e a quantidade dessas doses.

*** Mas o Estado foi avisado que a remessa já está na logística do Ministério da Saúde.

*** A expectativa da Secretaria da Saúde é que todos os idosos de 80 a 89 anos sejam vacinados até o dia 19 próximo.

Limite de doses

Os Ministérios Públicos de Sergipe expediram recomendação ao Estado que agilize o processo de distribuição de doses de vacinas em 24 horas.

*** Isso não é possível em razão da estratégia de distribuição. Os municípios não têm condições de armazenamento e recebem dentro do limite diário de vacinação.

Receita óbvia

Deputados opinam sobre o Covid-19 na Alese. Mostram preocupação e oferecem a única solução: a vacinação em massa.

*** Receita óbvia para controlar qualquer tipo de doença que se alastra pelo mundo e causa mortes. Há necessidade de medidas que reduzam a contaminação em massa, o que poucos cumprem e aprovam.

Agora cocaína

Não há medicamento e nem vacina ainda definitiva para o Covid-19, e fica de médicos a cientistas perdidos em busca de curar os infectados que não apresentem rscos.

*** Vejam só: Em ação protocolada no STF, Escola de Humanismo Científico solicitou que a União experimente injetar gás de cocaína para matar o coronavírus.

*** Além disso, quer que todas as condenações por tráfico da substância sejam anuladas (fonte Época).

Hospital Primavera

O Hospital Primavera manteve suspenso, ontem, os atendimentos adultos em sua unidade de emergência. O Hospital está com 47 leitos de UTI ocupados, destes 37 por pacientes com Cobid-19.

O Primavera ressalta, que 17 desses leitos foram criados nos últimos 10 dias, com toda equipe multidisciplinar e toda monitoração necessária. Põem, no momento, estão todos ocupados.

Valadares explica

O ex-senador Valadares (PSB) desmentiu ontem que jamais imaginou candidatar-se a deputado estadual nas eleições do próximo ano.

*** – Isso não passou por minha cabeça e sinceramente não sei a razão de ter sido publicado.

*** Valadares está fazendo, inclusive, um curso puxado de radio e televisão, e outro de Direito Eleitoral.

*** Disse, entretanto, que só poderia disputar eleições para o Senado ou Governo em 2022, por necessidade do seu partido em Sergipe.

Rogério é muito forte

Um articulador político disse ontem que a candidatura de Rogério Carvalho (PT) ao Governo do Estado é irreversível, embora ele vá manter o gesto de tratar sobre isso com o governador Belivaldo Chagas (PSD).

*** A análise é que Rogério não pretende ser candidato abrindo dissidência, mas de acordo com o grupo. Se não acontecer a indicação ele seguirá a orientação do seu partido e sairá candidato.

*** Rogério é um nome cuja candidatura preocupa, pela sua estrutura eleitoral e por sua habilidade para a formação de blocos e conquista de votos.

Sobre André

A base aliada tem pelo menos quatro nomes para lançar ao Governo do Estado. Todos à espera de uma indicação do governador Belivaldo Chagas, que não fala sobre isso.

*** Um deles já fez uma confidência: “se eu for o indicado pelo bloco, gostaria de ter André Moura como senador.”

Edvaldo se habilita

Também circula nos bastidores que o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) se habilita a ser candidato a governador do Estado, através do trabalho que realiza a frente da Prefeitura de Aracaju.

*** Edvaldo também montou uma estrutura para atendimento aos que estão com suspeita de Covid-19.

*** O prefeito, entretanto, insiste que seu objetivo é permanecer à frente da Prefeitura e concluir seu projeto administrativo. Em 2026 pensará o que vai disputar.

Em segundo plano

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) diz que está trabalhando muito, atendendo a lideranças de todo Estado.
*** Para ele, com essa pandemia se agravando, é natural que o foco seja seu combate e ajudar o governador a superar essa crise.

*** – Política acaba ficando pra segundo plano, disse.

Ao lado do Virus

O senador Rogério Carvalho (PT) diz que “Bolsonaro antes de se tornar presidente dizia que o sonho dele era matar ao menos uns 30 mil brasileiros”.

*** E admite: “estamos caminhando para 300 mil vidas perdidas, enquanto o presidente escolheu o lado do vírus e da morte e não das vacinas e da vida.

Um bom bate papo

Mari Botter – Como o Pazuello vai manter a promessa de vacinar metade da população brasileira até junho? Não temos vacinas!

Alguma sensação – Houve uma “sensação de pavor” nesse momento, em Aracaju, em relação a Pandemia. Só agora algumas autoridades começaram a se manifestar.

Rogério Carvalho – Brasil bate recorde de mortes por COVID nas últimas 24h. Com a demora na vacinação. Variantes + contagiosas e mortais são registradas, colocando em risco a eficácia das vacinas.

Poder 360 – O presidente da Câmara Federal, Arthur Lira, sugere usar dinheiro da Lava Jato para comprar vacinas. Mas não houve nada no lavajato. Foi tudo mentira.

SBT News – Em conversa com apoiadores, Bolsonaro volta a defender o spray de Israel: “Então parece que é um produto milagroso. Parece. Mas nós vamos atrás disso”.

Bruno de Arruda – Chamar Ciro de direita lembra um MBL da vida chamando todo mundo de comunista. O processo de apequenamento do Haddad segue em curso.

Juliana Brizola – O PT está preocupado com rótulos, quem é mais ou menos de esquerda? Essa polarização nos colocou onde estamos.

Jailton Santana – Silêncio governamental: 1.726 mortes por covid em 24h: Brasil atinge novo recorde na pandemia.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Covid-19: Adolescentes entre 12 a 17 anos serão incluídos na vacinação
Conselhos de Atitude Solidários encerram campanha solidária
Prefeito de Aracaju recebe medalha do cinquentenário do TCE de Sergipe
Segundo dia de greve é marcado por ato na Saúde de Maruim