Aracaju, 1 de agosto de 2021

MPs pedem agilidade na distribuição da vacina contra Covid

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Ministério Público do Estado de Sergipe (MPSE), o Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE) e o Ministério Público do Trabalho (MPT) expediram recomendação ao Estado de Sergipe para que agilize o processo de distribuição das doses da vacina contra a Covid-19, até 24h após o recebimento pelo Governo Federal.

Para que a campanha de vacinação não seja interrompida nos finais de semana, e seguindo o exemplo de outros Estados, foi recomendado ao Município de Aracaju que viabilize a realização de mutirões aos sábados e domingos e, assim, possa antecipar as datas de vacinação de idosos previstas no calendário já divulgado. Além disso, deverá ampliar as equipes e os pontos de vacinação, com horários estendidos e alternativos, como hora do almoço e período noturno, enquanto o Município dispuser de doses. Também deverá ser intensificada as ações de vacinação extramuros, com observância das normas sanitárias, de modo a facilitar o acesso da população, como, por exemplo, ampliar pontos de vacinação na modalidade drive-thru, salas de vacina itinerantes, dentre outras.

Segundo dados apontados pelos Ministérios Públicos no documento, Sergipe possui a 2ª menor cobertura vacinal do país no que concerne à aplicação da 1ª dose do imunizante. Apenas 2% da população foi vacinada, evidenciando, em termos comparativos aos demais Estados, lentidão na execução da campanha de vacinação.

Os Estados vêm recebendo do Governo Federal os lotes dos imunizantes na mesma data e, de acordo com os sites oficiais de outros Estados, a exemplo da Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo, a distribuição das doses ocorreu em menos de 48h do recebimento, com aplicação da vacina no público-alvo de forma imediata e contínua durante o final de semana.

Ainda na recomendação, os MPs pediram ao Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems) que oriente os Secretários Municipais de Saúde de Sergipe para adoção das mesmas medidas: mutirões nos finais de semana, ampliação das equipes e dos pontos de vacinação, dentre outras.

Fonte: MPE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa