04/03/21 - 15:50:57

Aracaju terá restrição de funcionamento de atividades não essenciais para conter a propagação da covid-19

A Prefeitura de Aracaju adotará medidas restritivas para conter a propagação do novo coronavírus na capital sergipana. Seguindo o decreto estadual, até o próximo dia 21 de março, atividades consideradas não essenciais ou especiais estarão proibidas de funcionar no período noturno, das 22h às 5h, e nos finais de semana. A decisão foi anunciada pelo prefeito Edvaldo Nogueira, nesta quinta-feira, 4, após reunião do Comitê-Técnico Científico e de Atividades Especiais. De acordo com o gestor, nesta sexta-feira, 5, haverá uma reunião do Comitê de Operações Emergenciais (COE) da Prefeitura, em que serão aprofundadas as discussões no âmbito municipal.

Pelo decreto estadual, nos próximos finais de semana – de 5 a 7 e de 12 a 14 de março -, bares, restaurantes, lanchonetes e similares só poderão operar com sistema delivery ou retirada. Também ficou decidido que shoppings centers, galerias e centros comerciais estarão fechados. Entre os dias 5 e 21 de março, estabelecimentos deverão reduzir a capacidade máxima de público para 50%. Já eventos sociais, culturais, esportivos, corporativos, técnicos e festivos estarão proibidos nesse mesmo período, seja em ambientes públicos ou privados.

“Acabamos de nos reunir com o comitê técnico-científico e, no encontro, o governador Belivaldo Chagas levantou questões importantes que serão adotadas para controlar o crescimento do número de casos do coronavírus em Aracaju e em Sergipe. É fundamental que essas medidas sejam tomadas para que possamos evitar o colapso em nosso sistema de saúde. Temos assistido o crescimento da doença em todo o território brasileiro e precisamos nos antecipar”, destacou o prefeito.

Edvaldo reiterou que se reunirá com os membros do Comitê de Operações Emergenciais da Prefeitura, nesta sexta-feira, 5, mas, de antemão, informou que “vamos corroborar com as medidas do Estado”. “Faremos uma força-tarefa. Aproveito este momento para pedir à população que respeite os decretos. Precisamos fazer um esforço para que a pandemia seja controlada. Contamos com o envolvimento dos cidadãos para diminuir a propagação do vírus e, de maneira efetiva, vencer esta batalha”, reforçou o gestor.

O prefeito ressaltou ainda que as medidas restritivas não vão interferir na campanha de vacinação. “Pelo contrário, elas se somam à campanha. É um esforço conjunto para vencer essa batalha. Com a vacinação e essas medidas, com certeza, teremos um impacto positivo. Somente hoje, até 11h, 1.107 pessoas que fazem parte do público priorizado nesta etapa da campanha foram vacinadas em nossas unidades de saúde. Isso, sem contar aquelas que foram atendidas no drive-thru. Seguiremos vacinando nos próximos dias, mas também entraremos com essas medidas para impedir que haja um colapso no nosso sistema de saúde”, frisou.

Foto: Ana Lícia Menezes/PMA