08/03/21 - 15:24:35

DURANTE FINAL DA SEMANA, FORAM INTENSIFICADAS AS AÇÕES DE FISCALIZAÇÃO

Para fazer cumprir as novas medidas restritivas de contenção da propagação da covid-19, previstas no decreto municipal n° 6.395/2021, que entrou em vigor na sexta-feira (5), a Prefeitura de Aracaju, por meio de equipes ligadas às secretarias municipais da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), da Saúde (SMS), da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) e da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), intensificou as ações de fiscalização durante todo o final de semana.

De maneira geral, a população reconheceu a importância da ação, assim como das novas restrições postas em prática pelo Município, uma vez que nenhum caso grave de desobediência às normas foi registrado.

“Em cumprimento às normas estabelecidas nos decretos estadual e municipal, nós montamos uma força tarefa na Semdec, contando com os órgãos Procon, Guarda Municipal e Defesa Civil, apoiados pela SMTT,  Emsurb e SMS, por meio da Vigilância Sanitária, e percorremos vários bairros da cidade, incluído o Centro e toda a extensão da orla.  Entendemos que, de modo geral, a população compreendeu a necessidade de cumprir as medidas, não tivemos nenhum tipo de conflito. Esperamos que as pessoas continuem contribuindo para que possamos atravessar mais essa fase difícil”, explica o secretário da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida.

Conforme os decretos, os segmentos comerciais que não são considerados atividades essenciais não podem funcionar aos finais de semana – a partir das 18h da sexta até às 5h da segunda-feira, entre os dias  5 e 7; e 12 e 14.

Nos demais dias da semana, os serviços não essenciais podem funcionar, desde que respeitem os protocolos de biossegurança e capacidade de 50% de ocupação. Além disso, foi estabelecido uma restrição de funcionamento entre as 22h e as 5h.

As medidas restritivas acontecem em virtude do aumento do número de ocupação dos leitos de UTI e de enfermarias dos hospitais públicos e privados, além do crescimento vertiginoso de novos casos e de mortes pelo vírus em Sergipe.

Durante todo o final de semana, dos estabelecimentos verificados nove estavam funcionando sem autorização e foram notificados e fechados. Outros sete eram serviços essenciais, mas precisavam se adequar às medidas de biossegurança, e foram orientados para tal.

As fiscalização devem permanecer intensificadas, pelo menos, até o dia 21 de março, conforme determinam os decretos.

Foto André Moreira