09/03/21 - 07:42:38

Aplicação da nanotecnologia para doenças tropicais negligenciadas é tema de livro

A professora doutora Patrícia Severino lançou recentemente a obra “Applications of Nanobiotechnology for Neglected Tropical Diseases”, que explora a aplicação da nanotecnologia no desenvolvimento de ferramentas seguras, eficazes e confiáveis para prevenir, diagnosticar e tratar as doenças tropicais negligenciadas.

A farmacêutica e professora da Universidade Tiradentes, Patrícia Severino lançou recentemente o livro “Applications of Nanobiotechnology for Neglected Tropical Diseases”. A obra é resultado de uma interação nacional e internacional e conta com a coordenação de Fábio Formiga da Fiocruz, Inamuddin da Aligarh Muslim University.

“A obra nasceu da parceria que, dr. Formiga e eu, iniciamos na área de doenças negligenciadas e sentimos necessidade de obra que abordasse de forma atual sobre o assunto. Assim, fomos construindo a proposta e, também, convidamos o colega Inamuddin que também tem expertise na área e com grande inserção científica na Índia. Finalmente, conseguimos concretizar o livro”, comenta Patrícia, professora do curso de Farmácia da Unit e do Programa de Pós-graduação em Biotecnologia Industrial e pesquisadora do Instituto de Tecnologia em Pesquisa – ITP.

A publicação contém 600 páginas e 24 capítulos com diferentes aspectos das doenças tropicais negligenciadas em um trabalho coletivo de 88 pesquisadores. “A obra descreve avanços recentes na nanobiotecnologia que podem ser aplicados para reduzir a carga global de doenças tropicais negligenciadas – DTNs. O livro explora a aplicação da nanotecnologia no desenvolvimento de ferramentas seguras, eficazes e confiáveis para prevenir, diagnosticar e tratar DTNs”, declara a docente. “Além disso, ‘Aplicações de Nanobiotecnologia para Doenças Tropicais Negligenciadas’ inclui conteúdo multidisciplinar, combinando conhecimentos de bioquímica, química medicinal, ciências de materiais, farmacologia e farmacêutica”, acrescenta.

O livro é dividido em três partes principais. A primeira trata de abordagens baseadas em nanotecnologia para prevenção, a segunda aborda o nanodiagnóstico e detecção e, por fim, a nanoterapêutica. “Cada parte contém capítulos que se aprofundam nas diferentes aplicações do tipo de abordagem apresentada nesta parte. Este livro é notável em sua capacidade de abranger e explicar completamente as técnicas mais recentes em nanobiotecnologia, da pesquisa básica à investigação orientada para o paciente”, enfatiza a pesquisadora.

Além da editoração, a professora Patrícia Severino também participou do capítulo “Novos processos combinando produtos naturais e materiais sintéticos para o desenvolvimento de nanolarvicidas” juntamente com a professora Juliana Cordeiro e a professora Cláudia Moura Melo.

A obra, escrita somente em inglês e publicada pela editora Elsevier, está disponível em dois formatos pelo site.

Doenças negligenciadas

De acordo com a professora Patrícia Severino, as doenças negligenciadas são aquelas causadas por agentes infecciosos ou parasitas e são consideradas endêmicas em populações de baixa renda, que acometem especialmente as populações pobres da África, Ásia e América Latina.  “Essas enfermidades também apresentam indicadores inaceitáveis e investimentos reduzidos em pesquisas, produção de medicamentos e em seu controle”, observa.

“As doenças tropicais, como a malária, a doença de Chagas, a doença do sono (tripanossomíase humana africana, THA), a leishmaniose visceral (LV), a filariose linfática, o dengue e a esquistossomose continuam sendo algumas das principais causas de morbidade e mortalidade em todo o mundo”, finaliza a pesquisadora.

Farmacêutica, Patrícia Severino fez mestrado e doutorado em Engenharia Química na área de Desenvolvimento e Processos Biotecnológicos. A docente está entre os 100 mil melhores pesquisadores no mundo na área de Farmácia. O reconhecimento foi publicado no Journal Plos Biology, cujo banco de dados de um estudo fez a análise do ranking mundial de cientistas.

Fonte e foto assessoria