Aracaju, 1 de agosto de 2021

BANCADA EVANGÉLICA PEDE QUE GOVERNO NÃO PROÍBA ATIVIDADES RELIGIOSAS 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Na tarde desta sexta-feira (12), o deputado estadual Dr. Samuel Carvalho (Cidadania) e os vereadores Fábio Meireles (PSC) e Pastor Diego (PP) se reuniram com intuito de definir ações que defendam a atividade religiosa em Sergipe. Apesar de existir a Lei 8.735 que reconhece a atividade religiosa como essencial à população do Estado em períodos de crises ocasionadas por moléstias contagiosas ou catástrofes naturais, o Governo do Estado apresentou um novo decreto que pede o fechamento das igrejas nos dias 20 e 21 de março. A bancada evangélica apresentará um requerimento pedindo o não fechamento dos templos.

No requerimento o deputado e vereadores pedem que o Governo do Estado não limite horário de funcionamento das igrejas, que libere a abertura nos dias 20 e 21 de março e que um representante do segmento religioso seja incluído no Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais.

De acordo com Dr. Samuel Carvalho, autor da Lei estadual 8.735, o Governo do Estado precisa rever o decreto. “As igrejas são essenciais por Lei, mas infelizmente teve um decreto que acabou prejudicando o regular andamento de cultos nas igrejas, por essa razão solicitaremos ao governador de forma administrativa para rever essa situação”, afirmou.

Autor da Lei que torna a atividade religiosa essencial em Aracaju, o vereador Fábio Meireles pede a liberação dos cultos em horários habituais. “Estamos reivindicando de forma ordeira e amável algo que já está na Lei. Nosso pedido é que as atividades religiosas não sejam proibidas de acontecer. Queremos que elas aconteçam seguindo todos os protocolos de segurança e em horário que já é de costume”, pontuou.

Pastor Diego esclareceu que a bancada evangélica reconhece a gravidade do momento, mas entende que a atividade religiosa pode salvar vidas. “Sabemos que a porta de uma igreja aberta salva vidas. Muitas famílias precisam estar nesses locais para sentir paz e renovo que vem da parte de Deus. Concordamos com a diminuição do quantitativo de pessoas, mas discordamos do fechamento”, frisou.

Por assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Policiais do Tático prendem suspeito de tráfico no Santa Maria
Boletim do coronavírus em Aracaju: 198 casos e nenhum óbito
Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2.395 da Mega
Prefeitos e lideranças aprovam “união” de André Moura e Fábio Mitidieri