14/03/21 - 07:43:58

Hospital João Alves Filho cede espaço físico para município montar 28 leitos

Soma de esforços e ampla parceria para o enfrentamento da Covid-19. Assim foi marcada a reunião entre a Secretaria de Estado da Saúde (SES), através do Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho e a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), na manhã deste sábado, 13, no auditório do hospital. Na ocasião, foram debatidos alguns fluxos para o enfrentamento da doença e a parceria entre os órgãos citados, no sentido de ampliar a capacidade dos leitos de internação para pacientes com coronavírus.

“O motivo da reunião é em virtude do aumento de volume dos casos e algumas unidades já mostrando sinais de estrangulamento, pensando nisso, houve essa necessidade de unir esforços entre a SMS, SES e o hospital para ampliar a capacidade dos leitos de internação para pacientes com Covid-19. A proposta inicial é oferecer um espaço para criação de 20 leitos de retaguarda, podendo se estender para 28 e nos reunirmos para planejarmos os fluxos”, destacou o superintendente do Hospital João Alves Filho, Walter Pinheiro.

Por meio de uma plataforma digital online, a Secretária Municipal de Saúde, Waneska Barboza e técnicos da secretaria de saúde de Aracaju alinharam os fluxos com a Secretária Adjunta de Estado da Saúde, Adriana Menezes, o superintendente e gestores do Hospital João Alves que participaram da reunião de forma presencial. Na ocasião, ficou acordado que a SMS disponibilizará os serviços de lavanderia, alimentação do paciente, insumos, equipamentos, RH, rouparia e esterilização.

Durante visita realizada por técnicos da SMS ao Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho, foi possível detectar a Unidade Pós Cirúrgica (UPC), como área que será remanejada para retaguarda da Rede Municipal. Neste caso, a Secretaria de Estado da Saúde cederá o espaço físico já pronto para acomodação dos pacientes, além de gasometria, laboratório, raio x, limpeza hospitalar, coleta de resíduos, internet e serviço de ponto, segurança, sinalização do hospital.

De acordo com a Secretária Municipal de Saúde, Waneska Barboza, o objetivo desses leitos é desafogar as portas de urgência da Zona Norte e Zona Sul. “A ideia é que a gente retire os pacientes das UPAs Zona Norte e Zona Sul e leve pelo próprio município, sem precisar de regulação estadual, para esses leitos que estão sendo montados no Hospital João Alves. Nesses leitos, os pacientes que necessitarem de UTI o fluxo continua, é feito o pedido ao SIGAU e aguardado o surgimento da vaga para o perfil do paciente”, esclareceu a secretária do município.

A Secretária Adjunta de Estado da Saúde, Adriana Menezes, agradeceu o empenho de todos e se colocou à disposição para somar os esforços no que for necessário. “Estamos à disposição e queremos agradecer a oportunidade. Vamos fazer a diferença, pois neste momento não tem mais Estado nem Município, temos todos nós e vamos lutar incansavelmente e fazer o que estiver ao nosso alcance para vencermos esse momento difícil”, enfatizou.

A unidade foi escolhida pela gestão do hospital por ter no ponto de vista de estrutura uma entrada e recepção próprias, além de capacidade para atender a demanda necessária no momento. Ao término da reunião ficou acordado de forma imediata a adequação da área e consequentemente o seu funcionamento.

Foto: ASCOM/ SES

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Saúde