17/03/21 - 08:22:31

Vereador Sávio cobra mais vacinas para Aracaju por parte do governo federal

Na manhã desta terça-feira, 16, o vereador Sávio Neto de Vardo (PSC) utilizou o Grande Expediente na Câmara Municipal de Aracaju para reclamar da lentidão no repasse de vacinas por parte do governo federal. Algo que levou a prefeitura municipal suspender a vacinação temporariamente.

“Recebi com muita preocupação, que acredito ser de todos os demais vereadores, a notícia da suspensão da vacinação em Aracaju. Isso se deu por conta do baixo número de vacinas que foram destinadas à Aracaju por parte do ministério da saúde”, destacou Sávio logo no início da sua fala, sendo acompanhado com muita atenção pelos pares.

O vereador falou das consequências de uma suspensão como essa. “Algo extremamente ruim para a contenção dos casos da Covid em nossa cidade. Justamente um dia depois do anúncio de novas medidas do governo do estado, com toque de recolher, temos uma realidade como essa. Fico entristecido em ver que o plano nacional não tem sido eficaz. Por isso, votei totalmente favorável ao consórcio de vacinas. É hora de avançar a vacinação e criar meios para isso”, completou o parlamentar.

Além disso, Sávio lembrou que é papel do governo cumprir com o dever de disponibilizar vacinas e insumos. “O governo federal precisa sim estar comprometido em oferecer segurança, saúde e vacina! O plano nacional precisa avançar, o compromisso e o investimento por parte do governo precisam ser mais ágeis e eficazes. Como já falei aqui, não é hora de politizar, mas de levar a sério a vida do povo brasileiro”, expressou.

O seu discurso também teve espaço para um apelo à população aracajuana. “Todos nós precisamos fazer nossa parte e o povo também precisa entender a importância de não aglomerar e jamais deixar de usar máscara. Quais dos senhores aqui não veem as pessoas nas ruas ainda sem máscara? Algo extremamente egoísta, pois está colocando a vida delas, mas também de outras, em risco. Até festas clandestinas a gente viu neste final de semana. Como vamos conter desta forma?”, alertou Sávio.

Igrejas fechadas

Outro tema de importância tratado, ainda em relação às novas medidas, foi o fechamento total das igrejas. Sávio lembrou a importância da ajuda espiritual neste tempo de isolamento e distanciamento social.

“Entendo que todo o processo de fechamento é fundamental para a contenção do vírus, mas as igrejas buscam respeitar ao máximo os decretos, sempre priorizando distanciar, medir temperatura, utilizar álcool em gel e lembrar do uso contínuo da máscara. Fechar igrejas em sua totalidade é um erro, pois as pessoas necessitam sim de apoio espiritual neste tempo de desemprego e tantos problemas causados pela doença. Reduzir, até entendo, mas fechar é contrário às leis em vigor no município e no estado, além de ser um grande mal para aqueles que mais precisam”, explanou o parlamentar.

Por Marcos Simões

Assessoria de imprensa do vereador