18/03/21 - 00:11:39

Toque de recolher reduz a Covid

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

O toque de recolher começou ontem as 18 horas e a Polícia Militar conseguiu evitar o tráfego de veículos e pessoas com alguns poucos arranhões. Era de se esperar que isso acontecesse. Mas a população – pelo menos quando foi abordada – mostrou-se solícita e admitiu que a tragédia anunciada, merecia um tratamento “de força” – digamos assim – para que se entendesse a necessidade de medidas que evitassem a população sair às ruas em um clima de risco, inclusive de levar pessoas e familiares à morte. Toque de recolher fica mais sonoro em regimes de exceção, mas Sergipe está em clima de luta contra o coronavírus para salvar a população.

Pode-se até entender queixas de donos de bares e restaurantes, que vivem do que faturam com o expediente da noite que vara a madrugada. Mas tem que fazer um esforço para raciocinar que se enfrenta um momento de absoluta insegurança, com a incompreensão de parte da população e que se tem de montar uma estrutura sólida para que as estatísticas, que amedrontam o Estado como um todo, desapareçam da mesma forma que chegaram e já liquidaram a centenas de pessoas, além de ameaçar deixar milhares de feridos e parte dos hospitais temendo asfixia com a falta de leitos, que leva e mortes prováveis, sem ter direito a um aparelho de oxigênio e, pior, o aconchego da família para um sepultamento digno.

Ontem à noite, enquanto escrevia estas “mal traçadas linhas (coisa mais piegas”), um ilustre médico de Sergipe manda-me um Zap com a força policial em frente ao Museu da Gente, orientando a motoristas deixar o estacionamento e voltarem para casa. Uma cena dura, que o incomodou: “quê absurdo! Ditadura? Estado de sítio? Aonde vamos parar”? Ponderei: “Não. Vamos livrar o povo do vírus que causa a morte. É um regime de exceção para libertar a população do vírus”. O médico ainda retrucou, mas deu a entender que nesse instante não se poderia fazer nada e terminou encerrando o papo com a amizade de sempre.

Quem está nas ruas – não é um caso do médico – sente a diferença, mas termina se conscientizando que é o melhor para todos, admitindo as razões pelas quais se proíbe a circulação nas noites e se evitam praias pelo dia. O número de casos é crescente e o de mortes assusta. Sergipe jamais passou por essa experiência e precisa entender que as medidas adotadas não tem qualquer conotação política e vêm sendo postas em funcionamento exclusivamente para evitar uma tragédia maior. Nesse momento, entender que ficar em casa, ainda é o melhor remédio.

Impressão de feriado

Apesar do fim ao ponto facultativo, o clima em Aracaju, ontem, data de sua fundação, era de feriado. Muita gente resolveu não ir ao trabalho e curtir praias fechadas.

*** Seria um protesto silencioso pelo fim do feriado?

*** Políticos se esmeraram em homenagear Aracaju, com palavras de sentimento cívico e orgulho de ter nascido na cidade.

Precisa fiscalização

Grupo de Dança FBI sugere que é preciso ter fiscalização, principalmente no interior do estado, “porque tá uma bagunça, ninguém respeita nada, povo na rua e sem mascara, aglomeração nas praças”.

*** – Sem fiscalização nada funciona. O povo não tem consciência, nem quer ter, diz.

*** Culpa dos prefeitos, que também promovem bagunças, e falta de denuncia da população consciente à Polícia.

Gualberto sai do PT

O deputado Francisco Gualberto (PT) mantém a decisão de deixar o partido. Mas deixa bem claro: “não por causa da sigla e muito menos em razão do ex-presidente Lula, a quem mantém o respeito e admiração de sempre”.

*** Gualberto diz que não se sente bem ficar de frente com pessoas que hoje estão à frente do partido.

Longe de Bolsonaro

A saída de Gualberto do PT, do qual foi um dos seus fundadores em Sergipe, é porque não foi bem tratado por membros do partido um bom tempo.

*** Gualberto já tem algumas siglas que pode se filiar, mas avisa com antecedência que não vai para nenhum partido que apoie o presidente Bolsonaro.

Espalhar mensagem

Senador Rogério Carvalho (PT) diz que o ministro da Justiça do Bolsonaro acionou a PF, contra um trabalhador que colocou um outdoor afirmando que Bolsonaro não vale um pequi roído.

*** – Vamos espalhar essa mensagem para “ajudar” o Ministro para que todos saibam que os brasileiros não podem dizer que Bolsonaro não vale um pequi roído.

Sobre pontos críticos

A discussão nos grupos e entre pessoas é que as medidas que estão sendo adotadas são necessárias e essenciais, dentro do toque de recolher editado pelo Governo.

*** As críticas unânimes são às aglomerações nos terminais rodoviários e a tolerância de passageiros andarem em pé nos transportes coletivos.

*** Também é citada a questão dos bancos, com excesso de pessoas frequentando a área para operações eletrônicas.

Jackson está em silêncio

O ex-governador Jackson Barreto (MDB) se mantém em silêncio sobre política, mesmo que se saiba do seu objetivo de disputar vaga na Câmara Federal e votar em Lula.

*** Jackson Barreto vai trocar de partido e a tendência é filiar-se ao PDT, embora ainda não tenha tratado sobre isso.

Eduardo por Valmir

O presidente do PSDB, ex-senador Eduardo Amorim, em entrevista ao programa Fala Sertão, Na Boca da Mata FM, em Glória, disse que acha cedo para debater candidatura, mas deixou no ar que estará no jogo político de 2022.

*** Sobre eleições majoritárias, Eduardo disse que tem preferência pelo ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL), envolvido na disputa a governador.

*** Para Eduardo, “o trabalho de Valmir em Itabaiana o respalda”.

Nomes do sertão

O sertão, nas próximas eleições, terá aproximadamente seis candidatos a deputado estadual de várias cidades da região. Pela primeira vez apresentará esse número.

*** Caso a legislação se mantenha como está, pode eleger mais de um, mas se for implantado o Distritão dficilmente elege um.

Janier quer ir longe

A deputada estadual Janier Mota (PL), em entrevista a uma radio de Glória, disse que não será mais candidata à reeleição. Demonstra dúvida a que vai disputar.

*** Como é muita religiosa, pediu a Deus que a orientasse sobre disputar vaga na Câmara Federal, à vice-governadora ou à senadora.

A favor dos motoristas

O deputado Capitão Samuel disse ontem que “os motoristas, estão exaustivamente trabalhando, de 14 a 15 horas por dia, e não estão conseguindo o pão de cada dia para suas famílias”.

*** – Clamo pela ajuda dos vereadores de Aracaju, para que venham regulamentar alguma norma que acabe com essa escravidão feita pela empresa Uber, sugeriu Daniel.

Um bom bate-papo

Clóvis Silveira – Em época de pandemia o que não devia existir era demagogia, mas infelizmente é o que mais está acontecendo, oportunismo sem tamanho!

Uol Notícias – Coronavírus: ‘Não há dúvida sobre eficácia de lockdown’, diz ex-chefe do combate à pandemia em Israel.

MSN Brasil – Média de mortes pela covid no País fica acima de dois mil pela primeira vez, com 2.736 óbitos em um dia.

JotaPê – Conheço vários eleitores do Bolsonaro já dizendo “que saudades do PT”, só ouço e dou um leve sorriso, nem digo nada.

Siba Machado – Um olhar muito lúcido sobre o Brasil, a liberdade de Lula, a Geopolítica e o futuro do Brasil pós Bolsonaro.

Poder360 – Governo Bolsonaro ganha na Justiça direito de celebrar Golpe Militar de 64, no dia 31 de março.

Revista Fórum – Protesto contra medidas restritivas atrasa chegada de oxigênio em Goiás; insumo chegou a 8 minutos para o fim do estoque.

DCM Online – Advogado bolsonarista que pede estado de defesa foi expulso do MP por espancar a mulher