19/03/21 - 08:17:03

Seremos um imenso cemitério

Por Aduberto de Souza

Preparem-se para uma catástrofe, pois nada é tão ruim que não possa piorar ainda mais: lamentavelmente, o Brasil caminha para viver uma verdadeira guerra biológica onde, além do ataque em larga escala desse vírus invisível, os ainda vivos serão contaminados pelos mortos. Segundo o respeitado médico e neurocientista Miguel Nicolelis, em breve começaremos a ter que se preocupar com as infecções secundárias, a contaminação do solo e dos lençóis freáticos pela grande quantidade de cadáveres sepultados ou não. “Entraremos em uma escala das batalhas da Segunda Guerra Mundial”, prevê o renomado cientista. Diante da já anunciada falta de medicamentos nos hospitais, os médicos podem ser obrigados a amarrar as vítimas para intubá-las sem sedativos. Com o crescente número de mortes diárias provocadas pela covid-19, já é previsível a falta de caixões para tantos cadáveres. E quando faltar espaços físicos nos cemitérios entraremos no colapso funerário. Portanto, se o mundo civilizado não se apressar em nos socorrer, o Brasil viverá o seu apocalipse, tal qual ocorreu com o catastrófico acidente nuclear de Chernobil, em 1986. Senhor, Tende Piedade de nós!

Posse marcada

O Ministério da Educação desmarcou a posse do novo reitor da Universidade Federal de Sergipe, Valter Joviniano de Santana Filho. Inicialmente agendado para hoje, de forma virtual, o evento foi adiado para a próxima segunda-feira, em solenidade marcada para a sede do MEC, em Brasília. “Queremos retomar e avançar em todas as atividades para ofertar um ensino de qualidade, com aproximação da sociedade”, ressalta o novo reitor da UFS. Ah, bom!

Reféns da violência

A violência cresce de forma acelerada e sem controle. O cidadão assiste atônito à ousadia dos criminosos, ao mesmo tempo em que se tornam cada vez mais corriqueiros os crimes com motivações pessoais ou sem sentido. Tem-se a impressão que tudo virou motivo para matar. A sensação de impunidade assusta os cidadãos de bem que, sem alternativa, se enclausuram em suas casas, enquanto os bandidos circulam normalmente a procura da próxima vítima. Home vôte!

Nada muda

A decisão do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, proibindo reeleição para a Mesa Diretora da Assembleia de Sergipe não muda o que já está feito. Em nota, o Legislativo explicou que a liminar acatada pelo magistrado do STF refere-se às próximas eleições da diretoria do Parlamento. Portanto, mesmo já tendo sido reeleita, a atual Mesa da Assembleia vai poder concluir sem mandato sem maiores problemas. Então, tá!

Senado de luto

Os senadores sergipanos Rogério Carvalho (PT), Maria do Carmo Alves (DEM) e Alessandro Vieira (Cidadania) lamentaram a morte do colega Capitão Olímpio (PSL), vítima da covid-19. “Homem firme e forte. A partida dele nos deixa perplexos e nos alerta para esta crise aguda que vivemos no Brasil”, afirmou o petista. Também infectado pelo coronavírus e internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, Alessandro Vieira deve receber alta médica nesta sexta-feira. Saúde!

Capitão Cloroquina

Enquanto milhares de pessoas testam positivo para a covid-19 e outras tantas morrem diariamente, o presidente Jair Bolsonaro está preocupado com a grafia dos decretos instituindo o toque de recolher nos estados e municípios. O dito cujo, inclusive, ameaça ir à Justiça para impedir o uso do termo que, segundo diz, só quem pode usar é o presidente. Ora bolas, cara pálida, se não quer ajudar, não atrapalhe. Aqui pra nós e a torcida do Flamengo, este capitão de pijama é um bronco de marca maior. Desconjuro!

Galeguinho agradecido

E o governador Belivaldo Chagas (PSD) agradeceu penhoradamente aos deputados estaduais por terem aprovado o projeto de lei autorizando o Executivo sergipano a adquirir vacinas contra a Covid-19. “Somente com a colaboração de todos, seguindo as medidas necessárias, é que poderemos superar este momento”, discursa Chagas. Segundo ele, as tratativas para a aquisição do imunizante já estão acontecendo. Que bom!

Pegando onda

A Câmara de Aracaju aprovou, em redação final, o projeto de lei criando o Dia Municipal do Surf e incluindo a comemoração no calendário oficial de eventos da capital. De autoria do vereador e surfista Josenito Vitale (PSD), a propositura depende agora da sanção do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). Em Aracaju, o surf tem crescido muito nos últimos anos, fortalecendo o turismo náutico. As praias preferidas da galera são as do Havaizinho, Cinelândia, Aruana e Mosqueiro. Marminino!

Regulação preocupa

O prefeito de Socorro, Padre Inaldo (PP), quer mais celeridade na transferência das vítimas do coronavírus para leitos de UTI. Ele pediu à Secretaria de Estado da Saúde agilidade na regulação dos pacientes internados na Unidade de Pronto Atendimento daquele município. Segundo o prefeito, a UPA Jardim está tendo uma certa dificuldade para encaminhar as pessoas que precisam de leitos de UTI. A secretária Mércia Feitosa prometeu estudar o pleito do gestor. Aff Maria!

Santo bom de chuva

“Meu divino São José; aqui estou a vossos pés; dá-nos chuva com abundância; meu divino São José”. Os versos da música (Oração) de Maria Bethânia refletem bem o sentimento dos nordestinos para o dia 19 de março, dedicado a São José. Para festejar o santo bom de chuva, a Igreja Católica desenvolve, nesta sexta-feira, uma vasta programação nas paróquias de Sergipe que têm São José como padroeiro. Prestigiem!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Tribuna, em 2 de junho de 1931.