23/03/21 - 05:02:30

“Apertando bem menos”, Belivaldo é mais eficiente contra a COVID que a Bahia 

Os números não mentem! A população e a extensão da Bahia são maiores que Sergipe e isso todos nós já sabemos. Mas no combate à COVID-19, justiça seja feita, mesmo muito criticado (inclusive por este colunista), o governador sergipano Belivaldo Chagas (PSD) tem conseguido ser mais eficiente que o governador baiano Rui Costa (PT) contra a pandemia. Toda morte é sentida, mas em nosso território, mesmo com tantos problemas, os registros são menos alarmantes que os do Estado vizinho.

Só na Bahia, nessa segunda-feira (22), o governo local confirmou as mortes de 125 pessoas, quase o dobro da soma dos óbitos confirmados em três Estados reunidos: Alagoas (20), Pernambuco (37) e Sergipe (22). Não custa registrar que por lá, desde meados de fevereiro que estão sendo impostas medidas restritivas, ainda bem mais duras que no nosso Estado, por exemplo, como o fechamento de diversas atividades econômicas e do centro comercial.

Na Bahia, até o próximo dia 29, apenas em alguns municípios restaurantes, bares e congêneres podem funcionar, mas em sistema delivery; na capital e em outras cidades os serviços não essenciais, não estão autorizados para funcionarem e ficam condicionados à ocupação de leitos de UTI que precisa ficar dias seguidos igual ou abaixo de 80%, ou seja, se os índices não baixarem, esses setores ficam impedidos de funcionar por tempo indeterminado.

Além disso, Rui Costa reduziu já desde essa segunda-feira (22), o toque de recolher, que já era das 20 horas às 5 horas do dia seguinte, para as 18 horas. Em Sergipe, por exemplo, mesmo discordando de algumas medidas restritivas, este colunista volta a reconhecer que Belivaldo por enquanto não cogita “lockdown”, e tem buscado, com o apoio do governo federal, aumentar o número de leitos de UTI e a compra de vacinas. Discorda em alguns pontos do presidente, mas não tem feito “uso político” da pandemia contra Jair Bolsonaro…

Belivaldo prorrogou o toque de recolher até dia 31, mas das 20h às 5 horas, sendo que de sexta (26) a domingo (28) será a partir das 18 horas. Há uma sinalização para um colapso na rede de Saúde, pública e privada, mas este colunista insiste: mesmo com esses impedimentos, ainda estamos em condições bem melhores que a Bahia, por exemplo, que mesmo com tanta restrição de liberdade, do direito de ir e vir, não para de contabilizar novos infectados e registros de óbitos, ou seja, o “fechamento” de lá continua sem apresentar resultados animadores…

Há uma pressão de alguns setores aqui em Sergipe para que se imponha um “lockdown”; inclusive de parte da imprensa; infelizmente alguns colegas parecem viver em outro plano e não estão em sintonia com o povo; basta ouvir as pessoas nas ruas, para fazer uma breve avaliação que, apesar do receio da doença, a maioria não quer o fechamento. Além de vacinar em massa, este colunista insiste que a melhor fórmula ainda é tentar conscientizar. Imposições não resolvem! “Apertando menos”, Belivaldo tem sido mais eficiente que Rui Costa contra a COVID-19. Isso é fato!

Veja essa!

Lembram-se daquela confusão que envolveu o governo de Sergipe e o Consórcio do Nordeste, sobre os respiradores, ainda no ano passado, quando nosso Estado investiu quase R$ 8 milhões e, até hoje, nem vieram os respiradores e nem todo o dinheiro do povo sergipano?

E essa!

Vocês sabiam que o Consórcio do Nordeste, tão criticado e comentado, ainda está devendo quase R$ 5,3 milhões ao governo de Sergipe, referentes à compra não realizada dos respiradores? Como perguntar não ofende, o que tem feito o Ministério Público Estadual a este respeito?

Exclusiva!

Mas para quem já achou um absurdo sobre o que ocorreu em 2020, agora vai “cair o queixo”: segundo publicação no Diário Oficial do Estado do Piauí, consta uma resolução do Consórcio Nordeste, estimando e fixando sua despesa para o exercício de 2021, da ordem de R$ 10 milhões! Que gastos justificam um orçamento anual tão alto, se as compras são realizadas pelos Estados?

Bomba!

Macacos me mordam! Mesmo diante de uma pandemia, com vários segmentos da nossa economia prejudicados e sem condições de sobreviverem financeiramente, o governo de Sergipe vai dar, como contrapartida para manter as despesas do Consórcio Nordeste, o montante de quase R$ 800 mil! Galeguinho, galeguinho, tem muito artista sergipano (por exemplo) passando dificuldades já…

Poder paralelo?

Qual a intenção dos governadores do Nordeste pela criação e manutenção deste Consórcio? Confrontar ou afrontar o governo federal? Ele (Consórcio) serve para fins políticos e/ou eleitorais? Se as vacinas compradas pelos governadores irão para o Ministério da Saúde, qual a finalidade desse Consórcio? O que ele financia? Que interesses ele representa?

Compra fake

Curioso, este colunista procurou o deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania), que em 2020 marcou posição contrária ao Consórcio ao ponto de defender, publicamente, que o governador Belivaldo Chagas (PSD) retirasse Sergipe do mesmo, após a “fatídica” tentativa de compra “fake” dos respiradores! O deputado se revelou surpreso com o “investimento” do governo sergipano para a manutenção do Consórcio.

Georgeo Passos I

“O sergipano até hoje não digeriu bem aquela escandalosa tentativa de compra dos respiradores por esse Consórcio. Foram quase R$ 8 milhões investidos e estamos diante do risco do erário público ficar no prejuízo. São mais de R$ 5 milhões que Sergipe tem para receber e ainda essa? O nosso governo vai investir quase R$ 800 mil, dinheiro que poderia ajudar alguns setores, para manter esse Consórcio em funcionamento em 2021?”, questionou o deputado.

Georgeo Passos II

O deputado promete levar o assunto para a discussão dos colegas deputados na Assembleia Legislativa e pretende, mais uma vez, requerer que o governo de Sergipe retire sua assinatura deste Consórcio. “Saúde é coisa séria! Tanto que nós, deputados, aprovamos o PL que autoriza o governo a comprar vacinas. Esse Consórcio brincou com os respiradores, está devendo ao nosso Estado e não há razão para continuarmos gastando o dinheiro dos sergipanos na sua manutenção sem eficácia”.

Georgeo Passos III

O deputado disse que além de requerer a devolução de todo o dinheiro investido pelo governo de Sergipe na tentativa de compra dos respiradores, agora vai solicitar o apoio dos colegas para impedir que o Estado continue aplicando dinheiro público dos sergipanos para a manutenção deste Consórcio. “Estamos vendo nossos políticos se unindo, destinando recursos para vacinas, e o governo dando dinheiro a esse Consórcio? Vamos manter partidários ganhando altos salários em detrimento do suor dos sergipanos? Vamos questionar isso na Alese”.

Emendas de bancada

Primeiro foi o senador Alessandro Vieira (Cidadania) e, em seguida, o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD): ambos destinaram os R$ 9 milhões que tinham direito de indicar na emenda de bancada para o Estado de Sergipe utilizar os recursos para a compra de vacinas, imunizando assim boa parte ou até toda a população sergipana. Enfim um feito a se destacar da nossa bancada em BSB.

José Carlos Machado I

Para tentar encontrar uma solução para a superlotação do transporte coletivo neste período de pandemia, o ex-deputado José Carlos Machado conversou com representantes da Associação Comercial, com as empresas de ônibus, com a classe política e até com setores da Saúde.

José Carlos Machado II

A sugestão de Machado é que se abra um grande diálogo, com todos os setores sendo ouvidos e que se promova um “escalonamento” dos horários de funcionamento do centro comercial de Aracaju e dos órgãos públicos, diminuindo o fluxo de pessoas nos “horários de pico” do transporte.

Olha a Fundação!

Mais e mais denúncias da Fundação RENASCER: não existe mais disputa para galgar o posto de quem mais aniquila com os recursos públicos do Estado! Isso já está evidente, diante das inúmeras denúncias aqui relatadas, agora se trata de descobrir qual dos “pupilos de presidente” será condecorado com a “coroa”!

Festa da impunidade?

Depois do afastamento do afilhado (coisa que o presidente deveria ter praticado como ele mesmo); depois das façanhas do “gordinho” protegido (Ankora), que “vende” cargos terceirizados em troca de favores; depois das refeições  onde são efetuados pagamentos de quantidades bem maiores do que as  fornecidas, além de uma fiscalização “conivente” com o não cumprimento contratual; depois do escândalo alarmante envolvendo suprimentos de fundo sob a condução da Sra. Crerlin, comadre do presidente…

E tome impunidade…

Depois das inúmeras licitações “recheadas” com supostos direcionamentos, realizadas pele Sra. Larissa, filha de Crerlin e afilhada do presidente? É tanta coisa que daria um livro! A Renascer é uma “novela” que, pelo visto, parece não incomodar o governo do Estado que não se posiciona ou “finge que não vê” o que está acontecendo…

Exclusiva!

Essa semana a coluna recebeu documentos importantíssimos, que estão compondo esse “acervo” tão precioso para todo e qualquer cidadão que se indigna, em ver que vivemos um momento de dificuldade sem UTI, oxigênio, medicamentos, vacinas, e o dinheiro público sendo jogado pelo ralo…

Bomba!

Trata-se de notas fictícias de abastecimento, diga-se de passagem, pagas por fora (imaginem); notas de consertos de ar condicionado pagas em troca de mão de obra; recebimento de frete feito com carro público; notas fiscais de materiais diversos em que só foram entregues 30% do valor pago via suprimento de fundos; compras de materiais através de dispensa de licitação em que foram utilizados em serviços particulares e outra parte usada como moeda de troca; ufa! É melhor parar por aqui… porque isso revolta, ainda mais em um momento como esse…

Salários atrasados

Recebemos também a informação de que funcionários de uma empresa terceirizada de limpeza, recém-contratada através de um processo licitatório conduzido pela Sra. Larissa, das quais participaram a vencedora e mais duas empresas do mesmo grupo, estão com seus salários atrasados e sem a mínima condição de trabalho! A coluna já relatou, inclusive, o grau de envolvimento dos representantes das empresas com a Fundação.

Rescisão

Os funcionários estão sendo ameaçados pela “gestão humana” e “histórica” da Renascer! Quem abrir a boca perde o emprego! Segundo um dos funcionários, que passou as informações em reserva, a empresa justifica que “não tá nem aí”, e inclusive já pediu a rescisão do contrato, mas a Fundação é quem não dá! Isso pode, Arnaldo?

Estamos de olho!

A coluna vai apurar esta semana se é essa ou outra empresa, dentre as façanhas realizadas pela Sra. Larissa nesse setor, em que em um processo licitatório na Fundação, os três únicos participantes conseguiram apresentar suas propostas com a palavra “CINCOENTA”, com um mesmo padrão, dentre outras “divindades”! Em Sergipe, tudo se sabe…

Rogério Carvalho I

Pelo visto o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não é “tudo aquilo” que costuma dizer o senador sergipano e líder do PT, Rogério Carvalho. Nessa segunda-feira (22), o Planalto sancionou o projeto de autoria do petista, tornando lei a proposta que classifica a visão monocular como deficiência sensorial do tipo visual e garante à pessoa que enxerga apenas com um olho, os mesmos direitos e benefícios das pessoas com deficiência.

Rogério Carvalho II

“Ao longo de toda a nossa história, nunca tivemos esse reconhecimento. E essa lei coloca luz na cegueira dos direitos dos monoculares do Brasil inteiro”, comemorou o senador que é monocular. Ao saber que a lei foi sancionada, o senador petista reconheceu que esta vitória se deve muito ao esforço da jornalista Amália Barros. Tanto que fez uma homenagem ao dar nome à lei. Com a lei sancionada, Rogério pode até criticar o presidente da República, só não pode acusá-lo de perseguição…

Crime no Copemcan I

Continua dando muito que falar o crime cometido por um interno, no Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristóvão, que vitimou um policial penal e feriu outro, quando conseguiu tomar a pistola do agente. O preso foi baleado por outros policias e não resistiu aos ferimentos.

Crime no Copemcan II

Um servidor do sistema procurou a coluna para responsabilizar o governo do Estado pelo incidente, alegando que há muito a categoria prisional luta, colocando em risco a própria vida, para reivindicar condições mínimas de trabalho, a exemplo de efetivo. “Desde 2009 lutamos por um efetivo que garanta o desempenho das atividades sem que ponha nossa vida a riscos incalculáveis”.

Crime no Copemcan III

O mesmo servidor lembra ainda que existe decisão judicial obrigando o Estado a nomear concursados em quantidade suficiente, mas o governo vem descumprindo a sentença, inclusive com pedido de multa ao governador pelo MPE. “Não é disponibilizada pela SEJUC algemas em nenhum dos pavilhões, impossibilitando que os deslocamentos de presos se processem conforme requer os manuais de segurança (algemado)”, denuncia. Com a palavra a Secretaria de Justiça, Trabalho e Defesa do Consumidor…

Luciano Pimentel I

O deputado estadual Luciano Pimentel concedeu entrevista ao programa Liberdade Mais, apresentado por Anderson Machado e Raimundo Morais, na Rádio Liberdade FM 100,3. Em conversa com os apresentadores, o parlamentar afirmou que aposta na imunização de toda população brasileira até o final de 2021 e defendeu a necessidade de priorizar os bancários e os profissionais da educação e da segurança pública na vacinação contra Covid-19.

Luciano Pimentel II

“A Fiocruz já iniciou a produção de 6 milhões de doses por semana com a expectativa de garantir, até o mês de julho, cerca de 100 mil doses. Aliado a isso, temos o Instituto Butantan que anunciou a entrega de 46 milhões de doses em abril e trabalha para fornecer mais 54 milhões até agosto deste ano. Ou seja, se considerarmos 100 milhões da Fiocruz e 100 milhões do Butantan, teríamos 200 milhões de doses. Uma quantidade que possibilitará a vacinação, em duas doses, de 100 milhões de brasileiros. Considerando que nós temos uma população de 212 milhões de habitantes, precisaríamos de mais 112 milhões de doses ou 200 milhões no caso de duas doses”, destacou Luciano Pimentel.

Luciano Pimentel III

Com a chegada de mais imunizantes, Luciano Pimentel ressaltou que outros grupos também devem entrar na lista de prioridades para a vacinação. “Existem categorias que estão em contato com um maior número de pessoas e precisam ter acesso à vacina mais rapidamente. Estou falando dos profissionais da segurança pública, dos professores que em breve devem retornar a sala de aula e dos bancários que lidam com o público diariamente e não paralisaram suas atividades em nenhum momento durante a pandemia”, explicou o parlamentar, continuando.

Anderson de Tuca

O vereador Anderson de Tuca, do PDT, esteve no Bairro Porto D’antas pedindo mais segurança no Centro Recreativo Porto D’antas. Moradores do local o procuraram, porque sentem medo de aproveitar o local por sofrerem com roubos e furtos frequentemente. O vereador solicitou à Polícia Militar e à Guarda Municipal uma ronda mais extensiva no local.

Alô Itabaianinha!

Como é sabido por todos está chegando a nova lei das licitações no Brasil, mas até onde a coluna tomou conhecimento, em Itabaianinha, pelo visto, parece que o município tem uma “lei específica”, de “quanto maior, melhor”! Para isso tem o “grande conhecer jurídico” da servidora Daniela Maria de Melo Cardoso, que parece ter “expertise” em desclassificar empresas, mesmo com erros sanáveis, conforme a legislação vigente.

Paga caro…

Aí acaba prejudicando o município, porque prioriza como “proposta mais vantajosa” a que finda sendo a mais cara. Para não começar a “vasculhar”, a coluna facilita: a mais recente foi a TP-12/2020, mas se procurar no “acervo” da servidora, acaba-se encontrando mais desse tipo de parecer! É o verdadeiro trabalho ESSENCIAL…

Comissão de Educação

O Conselho Regional de Serviço Social 18ª Região (CRESS Sergipe) participou nessa segunda-feira (22), da reunião virtual realizada pela Comissão de Educação, Cultura e Esportes da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), a convite do vereador e presidente da comissão, Joaquim da Janelinha (PROS). A reunião teve o objetivo de discutir a Lei Nº 13.935/2019, que prevê inserção de profissionais de Serviço Social e Psicologia nas escolas da rede básica de ensino. A presidente do CRESS-SE, Dora Rosa Horlacher, enfatizou durante a reunião a importância de parcerias para a implementação da lei nas escolas públicas de Sergipe.

Presenças
Também estiveram na reunião, os vereadores e integrantes da Comissão, Ângela Melo (PT), Binho (PMN), Sávio Neto de Vardo da Lotérica (PSC) e Pastor Diego (PP); o vereador pastor Eduardo Lima (Republicanos); a conselheira do CRESS e presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Aracaju, Natália Dalto; a conselheira do CRESS e assistente social do INSS, Rita Regina; além do coordenador do GT Psicologia Escolar e Inclusão e conselheiro do Conselho Regional de Psicologia, Marcus Paulo Argolo; e da assistente social do Instituto Federal de Sergipe (IFS), Ana Paula Nascimento, que faz parte do “Comitê Sergipano.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com