23/03/21 - 06:56:02

Chuvas: Prefeitura monitora áreas de risco e não registrou nenhuma ocorrência grave

Desde às 5h30 desta segunda-feira, 22, equipes da Defesa Civil de Aracaju estiveram a postos para monitorar os pontos de risco durante a chuva que caiu ao longo da manhã e no início da tarde.

Estiveram em ação, também, agentes das empresas municipais de Serviços Urbanos (Emsurb) e de Obras e Urbanização (Emurb), e da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), executando o plano elaborado pela Prefeitura de Aracaju para minimizar os efeitos das chuvas na capital.

O major Silvio Prado, coordenador da Defesa Civil de Aracaju, relata que a chuva era esperada desde a sexta-feira, dia 19. “Inclusive encaminhamos um alerta SMS, informando a população. Só que a chuva chegou com atraso, 72 horas após o envio do alerta”, conta.

A chuva se deu de forma bastante distribuída e com intervalos, caindo torrencialmente em alguns momentos, estiando em outros, até cessar por completo por volta das 14h. “Choveu cerca de 45 milímetros em seis horas. Mas tivemos apenas três ocorrências, áreas com pequenos alagamentos, na Jabotiana e na Cidade Nova”, comenta o major Silvio.

Monitoramento constante

Por meio do serviço emergencial 199, a Defesa Civil de Aracaju notificou milhares de aracajuanos sobre a previsão de chuvas fortes, de maneira que as pessoas pudessem tomar cuidado e procurar ajuda ao menor sinal de risco.

Desde o início da manhã desta segunda, as equipes da Defesa Civil verificaram toda a extensão das avenidas Euclides Figueiredo e Visconde de Maracaju, assim como os canais das avenidas José Barreto Sobral e Airton Teles.

A Emurb intensificou a limpeza de bocas de Lobo nos bairros 13 de Julho, Dom Luciano, Suíssa, América, São José, Soledade e Centro. Além disso, agentes da SMTT monitoram e orientam os motoristas na avenida Anísio Azevedo.

“Mais uma vez, atuamos de maneira integrada para minimizar os transtornos. O monitoramento é contínuo, com atenção redobrada desde os primeiros indicativos de chuva. Trabalhamos de maneira estratégica com foco na redução de riscos para a população”, salienta o secretário da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida.

Foto Sérgio Silva