23/03/21 - 07:02:07

Deputados recebem trabalhadores do transporte intermunicipal

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, Luciano Bispo e os deputados Zezinho Sobral (PODE) e Adailton Martins (PSD), receberam na manhã desta segunda-feira, uma comissão formada por representantes do transporte intermunicipal em Sergipe. Eles pediram apoio dos deputados para intermediar um diálogo com o secretário de Estado do Governo, José Felizola Filho, no sentido de discutir demandas da categoria, a exemplo do ano da frota de veículos.

“Nós estamos com um problema sério na idade da frota de veículos que fazem o transporte intermunicipal, tanto dos primários que vêm até a capital, quanto dos veículos que vão para os municípios, devido a uma relosução que exige a troca dos veículos. De 2019 pra cá, nós não estamos conseguindo trocar esses veículos e para completar agora veio o aumento dos combustíveis, o que está ficando inviável porque não temos condições de trocar os veículos. Viemos fazer um apelo aos deputados”, explica o presidente da Cooperativa de Transporte Alternativo de Passageiros de Aracaju (COOPETAJU), Marcelo Santana.

A representante da Cooperativa de Transporte Alternativo de Passageiros do Estado de Sergipe (COOPERTALSE), Karina Barbosa, os trabalhadores estão buscando junto ao Governo do Estado, alguns subsídios para dar condições de operar. “Estamos vivendo um momento atípico; não é só o transporte que está sofrendo, mas a economia de um modo geral e estamos buscando meios de dar condiçoes aos cooperados para continuar operando e não deixar a população sem o transporte”, afirma.

Ela explicou que a resolução de 2017 é do Conselho Estadual de Transportes, estabelecendo vida útil de oito anos para os carros que trabalham nas cooperativas primárias (que fazem as linhas do interios para a capital) e 10 anos para os que trabalham nas cooperativas secundárias (que viajam de interior para interior).

Na oportunidade, o deputado Adailton Martins disse que a reivindicação dos cooperados é justa e que a Alese vai intermediar o diálogo com o governo. “Hoje com essa crise, a situação é difícil para todos; nós vamos analisar as reivindicações e levar para o Governo, para que encaminhe ao Conselho Rodoviário para ver o que pode ser feito para amenizar o sofrimento dessa classe de trabalhadores”, informa.

Foto: Joel Luiz

Por Aldaci de Souza