Aracaju, 2 de agosto de 2021

Prefeitura de Aracaju manterá toque de recolher até 31 de março e intensificará ações nos terminais de integração

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O prefeito Edvaldo Nogueira reuniu, na manhã desta terça-feira, 23, o Comitê de Operações Emergenciais (COE), para tratar das novas medidas restritivas de enfrentamento ao coronavírus em Aracaju. O decreto municipal se adequará à nova resolução estadual, com prorrogação do toque de recolher até o dia 31 de março. No encontro, o gestor determinou ainda melhorias no funcionamento dos terminais de integração do transporte público, com desinfecção e organização do fluxo de pessoas.

“Nosso decreto se adequa ao que o governo estabeleceu, com a manutenção das medidas até o dia 31. É fundamental manter as medidas e dar continuidade ao nosso trabalho de fiscalização, que tem sido essencial para assegurar o cumprimento das medidas”, declarou o prefeito. “Ao mesmo tempo, daremos o máximo de celeridade na vacinação na nossa cidade. Temos feito um trabalho muito organizado, sem aglomerações e com o respaldo da população. Vamos dar continuidade a este trabalho”, reforçou.

Em relação ao transporte público, a gestão municipal manterá a estratégia de disponibilizar 100% da frota das empresas para circulação na cidade e remanejar mais veículos para linhas de maior demanda nos horários de pico. Também ficaram definidas estratégias para atuação nos terminais de integração, com a fiscalização e organização do fluxo de passageiros, além de intensificar a desinfecção e a limpeza. “Reconhecemos a problemática que envolve o transporte público e temos buscado medidas para minimizar a superlotação nos horários de pico”, afirmou Edvaldo.

Medidas

De acordo com a Resolução Estadual, que será seguida pelo município, fica mantido o toque de recolher das 20h às 5h de segunda a quinta-feira. Também permanece o horário final de funcionamento dos estabelecimentos de serviços e comerciais, inclusive lojas de conveniência, até às 18h, e dos supermercados e congêneres até as 19h, de modo a garantir o deslocamento dos seus colaboradores às suas residências.

Já na sexta, 26, sábado, 27, e domingo, 28, todos, incluindo supermercados e congêneres, devem encerrar as atividades até as 17h, uma vez que o toque de recolher será das 18h às 5h nestes três dias. No sábado, 27, e no domingo, 28, atividades não-essenciais estão proibidas. Praias e parques permanecerão fechados. Os serviços de delivery podem funcionar durante o toque de recolher. O serviço de take away não poderá funcionar durante o toque de recolher.

Para o professor Paulo Martins, da Universidade Federal de Sergipe, que integra o COE, as medidas estão acertadas. “É  preciso ter calma para ver os efeitos dos decretos. Deveremos sentir os efeitos nas próximas semanas. Estas medidas e a vacinação acelerada em Aracaju são o caminho para superarmos este momento”, afirmou.

Por Tirzah Braga

Foto: Ana Lícia Menezes

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Unigel inaugura oficialmente fábrica no município de Laranjeiras
Escolas entram em recesso e retornam dia 17  presencialmente
Mais de 360 usuários buscam atendimento no Huse final de semana
PSS: Secretaria de Estado da Saúde divulga resultado da prova prática do Samu