24/03/21 - 16:45:44

Segundo delegado, policiais de Sergipe executaram a tiros o empresário Geffeson Moura no estado da Paraíba

Um laudo produzido pela Polícia Civil da Paraíba aponta que o local em que Gefferson de Moura, de 31 anos, morto durante uma operação policial de Sergipe no Sertão paraibano, foi adulterado pelos policiais que participaram da ação. A informação foi divulgada, durante uma entrevista coletiva, realizada na manhã desta quarta-feira (24).

Geffeson Moura tinha 31 anos e estava viajando de João Pessoa para Cajazeiras, no Sertão paraibano, para visitar a família, mas nunca chegou ao destino. Ele foi abordado pela Polícia sergipana no meio do caminho, em Santa Luzia, e acabou sendo morto com sete a oito tiros. A operação policial procurava um traficante de drogas com mandado de prisão em aberto, e a suspeita é de que Geffeson tenha sido confundido com esse procurado.

“O que vem na nossa cabeça é que ele era muito parecido com o homem procurado e aí faltou à Polícia fazer a abordagem da forma correta”, comentou Sylvio Rabelo.

Logo após o crime, o delegado da Polícia Civil de Sergipe se apresentou na Delegacia de Homicídio de Patos, levando uma arma que disse ser da vítima, e justificando que teria atirado porque o homem estava armado e esboçou reação. Mais tarde, porém, a Polícia descobriu que a arma tinha origem de Sergipe, de onde vieram os policiais, e não era de Geffeson.

Com informações e foto do Portal de notícias ClikPB