25/03/21 - 11:47:32

Saúde reforça a necessidade da imunização de idosos contra a Covid-19

Órgãos como a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde (MS) apontam que alguns grupos e faixas etárias da população são mais vulneráveis a serem infectados pela Covid-19 e evoluírem para formas mais graves da doença. Os idosos fazem parte desse grupo e, por isso, estão no primeiro  grupo para receber a vacina na maioria dos países do mundo.

Em Sergipe, dados do boletim epidemiológico da Covid-19 desta quarta-feira, 24, elaborado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), apontam que 13,1% dos casos confirmados, desde o início da pandemia, são idosos. Os números mostram também que  é a partir dos 60 anos que ocorrem mais mortes. Dos 3.347 óbitos registrados,  70,7% são idosos.

É neste sentido que, de acordo com o diretor de Vigilância em Saúde da SES, Marco Aurélio Góes, o Plano Estadual de Imunização, em consonância com o Plano Nacional de Imunização, foca em dois pontos principais para identificar as populações prioritárias.

“Primeiramente, queremos garantir que o sistema de saúde  continue funcionando para dar assistência a população, além disso, um dos objetivos do plano é que diminua o impacto da mortalidade pela Covid-19. Para alcançar esses objetivos é  importante vacinar o trabalhador  da área de saúde  e  aqueles  grupos que têm  maior risco de mortalidade, como os idosos”, disse.

Ainda segundo o médico, vários fatores contribuem para que esse grupo evolua a óbito com mais frequência. Entre eles, o sistema imunológico do idoso que costuma ser mais frágil, além de terem uma frequência maior de comorbidades, agravando ainda mais o quadro de saúde. “Quanto maior a faixa etária maior o risco da Covid-19. Por isso, começamos a imunização por idoso a partir de 90 anos. É fundamental continuar  essa etapa de vacinação”, destaca o médico.

Imunização em Sergipe

A SES tem uma logística organizada para entregar as vacinas aos municípios cerca de 24h após  receber os imunizantes  do Ministério da Saúde.  Até então, a Secretaria já distribuiu as vacinas para os seguintes grupos: Idosos a partir de 70 anos, idosos de 60 anos institucionalizados , índios aldeados e profissionais de saúde.

Ao total já foram enviadas aos municípios  para aplicação da primeira e segunda  dose em todos os grupos contemplados até então, 191.664 vacinas. Com a  primeira dose foram imunizadas 123.804. Referente à segunda dose foram aplicadas 37.237.

Fonte  assessoria

Foto: Flávia Pacheco