30/03/21 - 14:59:18

EDVALDO PARTICIPA DA POSSE DA DIRETORIA DO CONSÓRCIO PARA COMPRAS DE VACINAS

Consórcio já recebeu 1ª doação, no valor de R$ 4 milhões, da Natura

O prefeito Edvaldo Nogueira participou, na manhã desta terça-feira, 30, da cerimônia virtual de posse da diretoria e do conselho fiscal do Conectar – Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras. A chapa única, intitulada “Conectados pelo Brasil”, foi escolhida ontem, dia 29, em eleição realizada através do site do consórcio, com um total de 2.970 votos. O consórcio, com a participação de mais de 2 mil municípios, será presidido pelo prefeito de Florianópolis/ SC, Gean Loureiro, que terá um mandato de dois anos.

No evento, o consórcio recebeu a primeira doação privada, da empresa Natura, no valor de R$ 4 milhões. Também foi firmada parceria com o banco Santander, que será o operador financeiro do consórcio. Sobre as vacinas, o presidente Gean Loureiro informou que já se encontra em tratativas com os Estados Unidos para empréstimo das doses da Astrazeneca para o Brasil e com a Organização Panamericana da Saúde para que interceda junto ao consórcio Covax Facility para ampliar a participação brasileira na aquisição de imunizantes.

“É com grande felicidade que participo da posse da nova direção do Conectar, um consórcio que reúne prefeitos de todo o  Brasil para a busca de vacinas e insumos para o combate ao coronavírus. Esse consórcio é muito importante porque ele representa a união de todos nós, prefeitos, governadores, governo federal, para que juntos, possamos encontrar melhores soluções para esse enfrentamento e, sobretudo, para o avanço da vacinação dos brasileiros. Acabamos de dar vida a um consórcio plural, que congrega pequenas e grandes cidades”, destacou Edvaldo.

Ao acompanhar a solenidade de posse, o prefeito enfatizou que a escolha da diretoria ocorreu “em votação unânime, uma chapa única, com o prefeito Gean Loureiro como presidente e com a participação de São Paulo, que nos ajudará nas relações internacionais, o que é muito positivo”. Vice-presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), o gestor de Aracaju ressaltou ainda a importância da participação de outras grandes cidades no consórcio, como Curitiba, Rio de Janeiro e Salvador, o que, segundo ele, “vai colaborar de maneira efetiva  na articulação com os laboratórios para compra de vacinas”.

“Conseguimos reunir prefeitos de pequenas, médias e grandes cidades, prefeitos de vários partidos para alcançarmos um bem comum, que é resolver a questão da vacinação. Estamos unidos em defesa do Brasil, da ciência e da vida. Estamos dando um exemplo de que é possível nos juntarmos para combater o coronavírus e ajudar a população brasileira. É uma grande satisfação poder fazer parte desta iniciativa, apoiada por grandes instituições, como o banco Santander, por empresas privadas, como a Natura, e que tem demonstrado credibilidade. Uma iniciativa que vai contribuir para que possamos fazer mais e melhor para nossa sociedade”, expressou.

“Maior consórcio de saúde do país”

Já empossado, o presidente do Conectar e prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, disse que estar à frente do consórcio representa “um desafio, que tem grandeza difícil de mensurar”. Ele também salientou que a formação de um grupo “com essa envergadura, era algo inimaginável, mas conseguimos”. O presidente do consórcio também destacou que “a marca do Conectar será seu papel conciliatório”.

“A pandemia exige essa união de esforços, de todos nós, e a iniciativa da Frente Nacional, de formalizar um consórcio público, rompeu as barreiras, ultrapassou os limites.  Nosso consórcio é uma autarquia com metas a serem cumpridas e nossa expectativa vai além da aquisição de vacinas. As metas deste consórcio não são fáceis, mas são de grande importância para o país. É o maior consórcio de saúde do Brasil e abre possibilidade de fazer aquisição, inclusive, de insumos e medicamentos. Com ele, poderemos fazer compras com um preço muito mais acessível e condições melhores de entrega”, pontuou.

Vice-presidente de Relações Institucionais do Conectar e prefeito de Recife, João Campos disse que “a solenidade de posse simboliza exatamente o que vai representar o consórcio”. “O desejo de superar a pandemia é o que nos une e o consórcio será fundamental. Estamos buscando caminhos para um problema que atinge a todos nós, que é essa pandemia. Estamos passando pelo maior desafio do país, dos últimos tempos, e nossa vacinação está aquém, se compararmos a outros países. Os municípios brasileiros estão prontos para vacinar e queremos mais vacinas para imunizar a população na velocidade que o momento precisa. Nos debruçaremos nesta luta intensa e veloz para essa busca por vacinas”, disse.

Também membro da diretoria, como vice-presidente para Cooperação Internacional, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, se disse “muito feliz em participar desse grande arranjo, com tantos municípios unidos para alcançar um número maior de vacinas”. “Temos feito esforços para alcançar outras vacinas em diversos laboratórios do mundo. Estamos desenvolvendo um conjunto de ações e colocamos à disposição do consórcio para que possamos sair da situação em que estamos. Assumimos nosso compromisso com o Brasil para tirar o país dessa situação extremamente difícil, que é a pandemia”, afirmou.

União

Representando o Santander, um dos parceiros do consórcio, a vice-presidente Executiva de Comunicação e Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade do banco, Patrícia Audi, destacou que “o Santander se une ao grupo como operador financeiro por entender a dimensão e alcance que um consórcio, com mais de 1.800 municípios congregados, possui”. “É um momento de união e fico extremamente feliz em perceber o tamanho da dimensão deste grupo, que demonstra que é hora de darmos as mãos. O setor privado se une, mas dá o protagonismo a vocês, prefeitos, que estão sendo guerreiros nessa pandemia. A vida acontece nos municípios e vocês estão provando isso. Contem com o banco. Estamos aqui como coadjuvantes para ajudar naquilo que for preciso”, reforçou.

Representando a Natura, primeira doadora da iniciativa privada ao consórcio, a vice-presidente Jurídica de Relações Institucionais para América Latina da empresa, Ana Costa, parabenizou a FNP pela iniciativa de constituição do grupo. “Como o próprio nome sugere, vamos nos conectar por um bem maior. Desde o início da pandemia temos seguido a missão de ajudar a população e ficamos muito honrados de fazer parte deste movimento, especialmente por estarmos diante de uma grande crise sanitária. Um grupo que tem como objetivo ampliar o diálogo e não construir barreiras, portanto, a Natura tem muito orgulho de fazer parte. Estamos juntos nesta luta e esse é só o primeiro passo”, destacou a vice-presidente, ao assumir o compromisso de doação de R$ 4 milhões da Natura para o consórcio, para a aquisição de insumos hospitalares e vacinas.

Presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Jonas Donizette destacou que a palavra que resume o encontro é “credibilidade”. “Contamos com a presença de entidades importantes, representantes da ciência, de órgãos fiscalizadores, de grandes empresas do setor privado, de instituições financeiras, e isso demonstra a credibilidade que o nosso consórcio tem. A credibilidade hoje vale mais do que qualquer moeda. Com o consórcio, montamos uma estrutura legalmente ajustada, de grande proporção, com mais de 1.800 cidades participantes. Tivemos uma carga de trabalho muito grande nos últimos meses, para a formalização, mas hoje estamos colhendo os frutos. Passamos o bastão, mas continuaremos na retaguarda para que o povo tenha a vacina de forma cada vez mais rápida”, frisou.

Constituição do consórcio

O Conectar – Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras, foi instituído no último dia 22 de março, durante assembleia virtual em que foi aprovado o estatuto. Após sua constituição, foi aberta votação para escolha da diretoria e conselho fiscal, permanecendo até o dia 29.  Ao todo, foram 682 eleitores que corresponderam a 2.970 votos, já que o peso de cada voto varia de acordo com o número de habitantes por municípios. Cerca de 2.602 municípios manifestaram interesse em aderir ao consórcio público nacional e mais de 1,8 mil cidades já tiveram as leis autorizativas aprovadas nas Câmaras Municipais.

O Conectar, responsável por representar duas mil cidades brasileiras, dentre elas, 22 capitais, o que representa mais da metade da população brasileira, terá como primeiro e segundo vice-presidentes, respectivamente, o prefeito de Belém/PA, Edmilson Rodrigues, e a prefeita de Palmas/TO, Cinthia Ribeiro. Ao todo, a chapa possui 15 prefeitos na diretoria – com representantes de cada região do país – e seis no conselho fiscal, sendo três titulares e três suplentes, como previsto no estatuto.

Foto: Ana Lícia Menezes/PMA