30/03/21 - 10:10:41

Força-tarefa fiscaliza mais de 40 estabelecimentos nos últimos quatro dias

A Força-tarefa de combate à Covid-19 vem realizando diversas fiscalizações em estabelecimentos com objetivo de coibir aglomerações e checar os cumprimentos dos decretos e resoluções. Após a prorrogação da última resolução do governo, que determina toque de recolher no estado até o dia 31 de março, as equipes da Força-tarefa intensificaram as inspeções  nos bairros de Aracaju. Do dia 24 de março ao dia 27, foram fiscalizados 41 estabelecimentos em Aracaju, resultando em 17 notificações  e duas autuações.

Na quarta-feira, 24, as equipes fiscalizaram  nove estabelecimentos dos bairros Santos Antônio e 18 do Forte. Na ocasião, quatro foram notificados, por estarem descumprindo as resoluções e decretos do Governo do Estado.  Na última quinta-feira, 25, cerca de 10 estabelecimentos comerciais nos bairros São José e Salgado Filho, chegando até a 13 de julho foram fiscalizados. O resultado da operação foram sete notificações e um auto de infração.

Os estabelecimentos dos bairros Suissa e Cirurgia também receberam as fiscalizações da Força-tarefa de combate à Covid-19, na noite da sexta-feira, 26. Na ocasião, enquanto sete foram inspecionados  sobre o cumprimento da resolução, um foi notificado e o outro autuado, por estar descumprindo as medidas. No Sábado, 27, as inspeções foram no bairro Farolândia, onde foram  fiscalizados 15 estabelecimentos. Ação resultou na notificação de cinco estabelecimentos por não estarem cumprindo as medidas restritivas.

O fiscal sanitário da Secretaria de Estado da Saúde, Paulo Tiago Santos, explica que a desobediência gera autuação. “Se o estabelecimento já foi notificado e é reincidente, será autuado. Após isso, é gerado um processo administrativo e o responsável pelo estabelecimento tem 10 dias para comparecer à vigilância e levar sua justificativa. Depois  ele é julgado pela comissão da Vigilância”, disse.

Vale lembrar que conforme a resolução atual, até o próximo dia 31 os estabelecimentos de serviços e comerciais, deverão encerrar as suas atividades até às 18h. Entretanto, os supermercados e congêneres poderão funcionar até às 19h,  de segunda a quinta, de modo a garantir o deslocamento dos seus colaboradores às suas residências. Já na sexta, sábado e domingo devem funcionar até às 17h.

Foto: Valter Sobrinho