04/04/21 - 08:44:14

Fiscalização: população precisa contribuir mais com cumprimento das medidas

Este sábado, 3, foi dia de mais uma fiscalização na região litorânea de Aracaju. Como parte das ações ostensivas em cumprimento da intensificação das medidas restritivas com o intuito de controlar a proliferação do novo coronavírus, órgãos integrados da Prefeitura, em parceria com o Governo do Estado, voltaram às praias com o objetivo de verificar se a população está seguindo as determinações e, assim, reforçar as orientações.

Nesta semana, a Prefeitura, seguindo o decreto estadual, estendeu as medidas restritivas. Desta forma, até o dia 7 de abril, a capital continuará com o toque de recolher das 20h às 5h. Além disso, assim como nesta sexta, 2, nos dias 3 e 4, sábado e domingo, praias e parques estarão fechados e serviços não-essenciais não poderão funcionar.

Um pouco diferente do que foi verificado ontem, não havia tantas pessoas nas praias, porém, alguns desavisados e outros despreocupados ainda foram vistos na faixa litorânea.

“Hoje, observamos um fluxo menor de pessoas, muito também por conta de uma fiscalização na rodovia Inácio Barbosa [antiga José Sarney] que proíbe o estacionamento em todo o perímetro da rodovia. Percebemos alguns turistas e pescadores que estavam desavisados com relação ao decreto municipal que é mais restritivo do que o estadual, no sentido de que nenhum tipo de atividade individual ou coletiva pode ser praticada na faixa litorânea de Aracaju. Nossa ação é mais para orientar e conscientizar as pessoas. É preciso que a população contribua com as medidas porque só conseguiremos controlar o número de casos de covid-19 se tiver a colaboração de todos”, frisa o coordenador da Defesa Civil Municipal, major Silvio Prado.

As fiscalizações ocorrem de forma integrada e contam com órgãos da Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec) – Defesa Civil Municipal, Guarda Municipal de Aracaju (GMA), Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju) e a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) -, além da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) e a Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). O Corpo de Bombeiros de Sergipe (CBM/SE) e as polícias Civil (PC/SE) e Militar (PM/SE) de Sergipe também participam das ações.

Medidas

Além do toque de recolher, até o dia 7 de abril, e o fechamento de praias e parques e serviços não-essenciais durante o feriadão, a nova resolução autoriza, também, a abertura de igrejas e templos religiosos neste sábado, 3, e domingo, 4, com capacidade máxima de 30%. Já o retorno das aulas presenciais nas redes pública e particular de ensino, foi adiado para 3 de maio. Estabelecimentos comerciais e supermercados deverão encerrar seus expedientes às 19h, como forma de garantir aos trabalhadores que se desloquem até suas residências.

Até este domingo, 4, também estará proibida a prática de atividades esportivas coletivas em parques, praças e áreas de lazer, assim como a circulação de pessoas nestas localidades. Também fica proibida a realização de atividades econômicas da faixa litorânea e orlas. As atividades não-essenciais continuam proibidas no fim de semana, com exceção dos serviços de entrega de restaurantes, bares, lanchonetes e similares que estão autorizados a funcionar com o sistema delivery.

Foto: Marcelle Cristinne