Aracaju, 31 de julho de 2021

GEORGEO APELA PARA QUE MATERNIDADE DO HU ENTRE EM FUNCIONAMENTO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

 

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) participou da sessão remota da Assembleia Legislativa, na manhã dessa terça-feira (06), para fazer um apelo aos colegas para ajudarem no sentido de garantir o funcionamento, dentro da maior brevidade possível, da Maternidade Pública construída no Hospital Universitário de Aracaju, com recursos provenientes de emendas parlamentares. Georgeo quer a intervenção da Alese no sentido de convencer o prefeito da capital a fazer a contratualização dos serviços junto ao HU.

“Trata-se de uma nova Maternidade no Hospital Universitário. O prédio está belíssimo, tem-se a estrutura muito boa, no entanto, algumas decisões administrativas precisam ser tomadas. Já conversei sobre esse assunto com o líder do governo aqui na Casa, deputado Zezinho Sobral (PODE), que terá a dura missão de tentar convencer o prefeito de Aracaju a contratualizar os serviços do Hospital. Isso seria muito bom, neste momento difícil, para as nossas gestantes”, defendeu o deputado.

Georgeo exibiu um breve vídeo institucional para que os colegas deputados pudessem conhecer um pouco da estrutura pronta e disse que a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) não fez as contratações de pessoal por conta da ausência do contrato de prestação de serviços com a PMA ou até com o Governo do Estado. “Precisamos nos unir e buscar o consenso. O prefeito da capital alega que está construindo a Maternidade no bairro 17 de Março, já sinalizando pelo desinteresse”.

“A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes não dispõe de UTI materna e elas são deslocadas para outro lugar; e nessa unidade do Hospital Universitário já vem completo. Tomei conhecimento que algumas salas estão funcionando lá, mas que é necessária a compra dos equipamentos para funcionar 100%. Vamos apelar para que deputados federais e senadores possam ajudar com emendas porque precisamos em torno de R$ 20 milhões em equipamentos”, explicou o deputado, relatando que não precisa também comprar tudo de uma vez.

Por fim, Georgeo externou outra preocupação com um possível impedimento com o aumento das despesas com pessoal. “A EMSERH já aceitou assumir as despesas com recursos humanos, mas eles não assumem o custeio sem essa contratualização com a PMA ou com o Estado. Só com isso eles encaminham os recursos”.

Síndrome de Down

Georgeo ainda aproveitou para externar um apelo que recebeu da Associação Sergipana dos Cidadãos do Síndrome de Down (CIDOWN). “Estamos falando de cerca de 300 pessoas em Sergipe que apelam para serem vacinadas contra a COVID-19. Já vimos uma mudança no plano nacional com a vacinação das Forças de Segurança e acho pertinente e razoável que a gente possa se somar a esta luta dos pacientes com Down”, disse, recebendo o apoio incondicional do presidente da Alese, deputado estadual Luciano Bispo (MDB).

Por Habacuque Villacorte

Foto: Joel Luiz

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa