Aracaju, 1 de agosto de 2021

SEAGRI/BNB ANUNCIAM CRÉDITO INÉDITO PARA AGRICULTORES NO PLANTIO DE MILHO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri) intermediou, na última semana, encontro entre gerentes do Banco do Nordeste e representantes dos movimentos sociais, com objetivo de criar condições de crédito para o plantio de milho crioulo. A proposta foi viabilizada e, pela primeira vez em Sergipe, agricultoras e agricultores familiares terão recursos específicos para o plantio dessa cultura. Os recursos estarão disponíveis ainda este ano, durante os meses de plantio, que vai de abril a junho.

Segundo o representante do Movimento Camponês Popular (MCP), Felipe Calado, o uso de variedades crioulas diminui o custo de produção e contribui para a sociobiodiversidade. “O cultivo das sementes tradicionais permite que sejam guardadas para plantios seguintes, o que diminui o custo de produção, além da necessidade de se produzir alimento com a qualidade necessária, com o menor impacto possível ao meio ambiente, e valorizar o conhecimento camponês, que maneja a sociobiodiversidade”, afirma. O representante do MCP disse que, só ligadas ao movimento, cerca de 202 famílias cultivam o milho crioulo. A expectativa deles é apresentar ao Banco do Nordeste, no próximo dia 12 de abril,  uma relação das famílias interessadas em acessar o crédito.

O secretário de Estado da Agricultura, André Bomfim, reforçou a importância do plantio da semente crioula para a autonomia das famílias e avaliou o encontro como bastante proveitoso para a agricultura familiar sergipana. “O anunciado da disponibilidade de crédito PRONAF, de forma inédita, para o plantio do milho crioulo em Sergipe soluciona uma demanda antiga encaminhada à Seagri pelos movimentos sociais. É fruto de articulação nossa junto ao agente financeiro, com a participação fundamental da Emdagro na elaboração do custo de produção necessário para o plantio da cultura. Ficamos felizes em contribuir para essa conquista dos agricultores, colocando em efetividade as políticas agroecológicas do Governo de Sergipe, estabelecidas no Decreto 40.051/2018. Que essa e outras ações possam fortalecer ainda mais a safra de milho no Estado, que em 2020 chegou ao recorde de 847 mil toneladas”, disse André.

Como acessar

Durante o encontro na Seagri, participaram o gerente executivo de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste, Lenin Falcão, e o gerente executivo Pronaf, Erison Aurélio Viana. Eles destacaram a importância da Secretaria da Agricultura na sinalização das áreas que praticam esse tipo de cultivo e explicaram qual o caminho que o produtor deve seguir, caso deseje acessar o crédito [que, segundo eles, já está disponível a partir deste mês de abril até o mês de junho – período de plantio em Sergipe].

“Para projetos até R$ 15 mil, fora da área de Assentamento de Reforma Agrária, o Banco opera com a metodologia do Agroamigo, com microcrédito produtivo e orientado. Nesse caso, um técnico do Agroamigo vai visitar o cliente, apresenta as orientações do Banco e elabora o projeto daquele grupo de clientes que visitou. Para projeto de custeio, com valor entre R$ 15 mil e R$ 20 mil, pode ser elaborado tanto pelo assessor do Agroamigo quanto por empresas de assistência técnica. No caso de custeios acima de R$ 20 mil, o agricultor vai procurar uma assistência técnica para elaborar o projeto e apresentar ao Banco. Já em projetos para as áreas de Assentamento de Reforma Agrária, é necessário que a assistência técnica seja  cadastrada na Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater)”, detalhou o gerente executivo do Pronaf/BNB, Erison Viana. Ainda segundo ele, a taxa de juros está entre 0,5% e 2,75% ao ano, a depender do porte do produtor rural.

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Agricultura

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa