29/04/21 - 09:04:07

DESARTICULADO PONTOS DE TRÁFICO E PRISÃO SUSPEITOS E APREENDE R$ 3,3 MIL

Equipes da 9ª Delegacia Metropolitana (9ª DM), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Polícia Militar, com o apoio do Grupamento Tático Aéreo (GTA), deflagraram uma operação de combate ao tráfico de drogas no bairro Santa Maria, em Aracaju. A ação policial da manhã desta terça-feira, 29, resultou na prisão de dois suspeitos. Ao todo, 15 pessoas foram conduzidas à delegacia.

O delegado Gilberto Guimarães detalhou que a operação é fruto de denúncias da população. “Recebemos denúncias de que nessa rua estava tendo uma incidência muito grande de tráfico de drogas, principalmente crack. Fizemos as investigações e obtivemos os mandados de busca e apreensão. Coletamos produtos ilícitos e substância entorpecentes. Temos uma rua onde diversos imóveis estavam sendo utilizados para venda de drogas e locais ocupados para o consumo da substância entorpecente”, enfatizou.

Na operação, foram cumpridos mandados de busca e apreensão. A ação policial resultou na apreensão de 444 pedras de crack, R$ 3,3 mil reais, além de diversos produtos, como um celular com restrição de roubo. A rua onde aconteceu a operação é composta por imóveis em uso, como uma mercearia que também fazia a venda de entorpecentes, e locais desocupados, onde usuários usavam as drogas.

O delegado Jefferson Alvarenga explicou que foram encontrados diversos produtos que podem ter sido fruto de ações criminosas. O material pode ter sido utilizado por usuários como pagamento pelo entorpecente. “Nós acreditamos que vários produtos encontrados aqui são fruto de furto e roubo. A rua onde nós deflagramos a operação se transformava numa cracolândia. Vários usuários levavam produtos e trocavam por droga”, citou.

Ainda conforme o delegado Gilberto Guimarães, como há ocorrências de homicídio na localidade, o DHPP também participou da operação. “Nessa rua tivemos três homicídios em datas muito próximas. Então convidamos o DHPP, que também fez a incursão em alguns imóveis para a obtenção de informações sobre esses casos”, complementou.

Fonte e foto SSP