Aracaju, 25 de setembro de 2021

População de Sergipe doa alimentos para Carreata Solidária do 1° de Maio

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Na Pça dos Mercados, Centro de Aracaju, na manhã desta quinta-feira, 29 de abril, a população de Sergipe colaborou com doações para a Carreata Solidária do 1º de Maio A culpa da Fome é de Bolsonaro.

A diretoria da Central Única dos Trabalhadores (CUT/Sergipe) esteve presente no estande de arrecadação ao ar livre para dialogar com a população sobre o significado do 1º de maio, Dia Internacional da Classe Trabalhadora.

Frente a esta pandemia, as trabalhadoras e trabalhadores estão se contaminando e morrendo devido à irresponsabilidade e incompetência do governo Bolsonaro em tomar medidas de proteção à população contra a Covid.

O presidente da CUT afirmou durante o ato que é preciso de um auxílio para que a população fique em casa e assim diminua a contaminação por Covid. “O dia da classe trabalhadora, dia 1º de maio, é um dia de reafirmação da luta, pela necessidade do fora Bolsonaro, pelo direito à vida e à vacina de todas e todos. Somos contra o retorno das aulas presenciais anunciadas pelo governo Belivaldo, sem vacinação, sem testagem… Isso vai colocar em risco a vida dos trabalhadores em educação, estudantes e suas famílias”, ressaltou o presidente da CUT Sergipe.

A vice-presidenta da CUT, Ivonia Ferreira, reforçou o convite para a carreata solidária no sábado, 8h30, saindo da praça do Siqueira Campos. “Seja solidário, participe em apoio a outros trabalhadores que estão passando por uma situação difícil de desemprego ou em apoio aqueles que não estão conseguindo trabalhar durante a pandemia. Estamos unidos para ajudar à população abandonada pelo desgoverno federal”, destacou a vice-presidenta da CUT Sergipe, Ivonia Ferreira.

Onde Doar?

Na Concentração da Carreata no Dia 1º de maio ou na sede da CUT Sergipe, localizada no Bairro Cirurgia, Rua Porto da Folha, Nº: 1039, as doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h. As doações dos sindicatos CUTistas também podem ser feitas diretamente com Cléo, em horários a combinar.

De segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, as pessoas ainda podem doar alimentos e/ou itens de higiene na sede do Sindomestica/SE, localizado na Rua Propriá, Nº: 386, no Centro; ou na sede do CSP Conlutas/Sindipetro, na Rua Siriri, Nº: 629, nos mesmos dias e horários.

No Bairro São José, as doações podem ser feitas das 8h às 12h, na sede do Sindiscose, localizado na Travessa Gaspar Lourenço, 50.

No Bairro Luzia, as doações podem ser feitas na sede da UNIDAS, situada na Rua da Integração, nº212.

Na Ocupação em Frente ao Centro Administrativo

Na Sede do Sindicato dos Comerciários

O 1º de maio também será marcado por live dos sindicatos, transmitida pelo Facebook da CUT Sergipe (fb.com/cutsergipe.br), a partir das 17h.

Por Iracema Corso

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia prende mulher que praticou roubo de motocicleta no Bugio
Enock Ribeiro, secretário Socorro, recebe Título de Cidadão Sergipano
Eliane participa reunião com articuladores do Selo UNICEF
Fábio Reis assina ordem de serviço para pavimentar povoado