Aracaju, 28 de setembro de 2021

Turbine refeições com fígado, moela e rabada, orienta nutricionista

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Considerados como cortes não nobres , fígado, moela, rabada ganham destaque na culinária após aparecerem na rotina alimentar de participantes do Big Brother Brasil. Profissionais da área de Nutrição e de Gastronomia da Universidade Tiradentes esclareceram o valor nutricional e a variedade de pratos possíveis com esses ingredientes.

Tatiana Maria Palmeira dos Santos é professora no curso de Nutrição e explica que a preferência alimentar conta na hora da escolha desses itens e que apesar de nutritivos, eles possuem alto teor de gordura e de colesterol.

“Fígado, moela e rabada são alimentos nutritivos devido à composição nutricional. Possuem proteínas de alto valor biológico, minerais e vitaminas, porém possuem quantidade de gordura e colesterol elevados. A moela é rica em zinco que exerce importante função no sistema imune. Por sua vez, o fígado se destaca pela quantidade de ferro e de vitamina A. Esses alimentos possuem grande quantidade de gordura e colesterol, portanto cuidado com o consumo exagerado”, disse.

Tatiana destaca que o fígado tem vitamina A, essencial para manutenção do sistema imunológico, mas faz um alerta. “O consumo excessivo pode acarretar na ingestão excessiva de vitamina A e colesterol, ocasionando riscos à saúde”.

Cozinha

Já a coordenadora pedagógica do curso de Gastronomia e professora da disciplina Cozinha Regional Nordestina, Isabelle Brito, falou sobre o preconceito cultural com esses ingredientes.

“Existe o preconceito cultural e também existe um movimento muito atual na gastronomia com a sustentabilidade alimentar, ou seja, tentar usar o máximo que pude partes daquele animal, daquela proteína em diversas produções gastronômicas com o intuito de trazer essa sustentabilidade “.

Ela orienta como pratos com esses itens podem ser mais refinados.

“A gente costuma visualizar esses alimentos sendo servidos em panelas grandes. É possível fazer pratos sofisticados sim e é possível se comer tudo e utilizar a melhor parte possível para que a gente não cause desperdício”.

Assessoria de Imprensa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Samuel decidirá adiar casamento com Zayla em ‘Nos Tempos do Imperador’
Juliette recebe Pabllo Vittar no ‘TVZ’: ‘Fico hipnotizada quando olho pra ela!’
Larissa Manoela sai do mar de maiô cavado e ganha curtida de affair
Aos prantos, Luisa Mell relembra violência médica: “Não quero viver assim”