Aracaju, 25 de setembro de 2021

Depois de dois requerimentos negados, oposição quer abrir CPI da Covid em São Cristóvão

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O clima esquentou na Câmara Municipal de São Cristóvão durante sessão virtual na noite desta quinta-feira, 29. Tudo por causa de mais um requerimento negado do vereador da oposição Neto Batalha (PP). A votação da maiora na casa impediu que a Prefeitura apresentasse a folha salarial de pagamento de funcionários efetivos e com cargo em comissão. Este é o segundo requerimento negado em menos de um mês. No primeiro,O vereador Neto solicitava transparência com os recursos oriundos do governo federal no combate à Covid-19.

“Como não tivemos êxito nos pedidos, vamos preparar um novo requerimento, desta vez em favor da abertura de um CPI para investigar onde foi parar 5 milhões de reais enviados pela União”, prometeu um dos líderes da oposição, vereador Leandro da Renovaçao .

Segundo os parlamentares,é inaceitável o comportamento da Prefeitura de São Cristóvão em não revelar publicamente os gastos nas ações de combate ao coronavírus. “Ora, qual o mistério disso tudo? Qual a preocupação dos gestores do poder público municipal? E por que alguns vereadores concordam com a falta de transparência? Tudo isso, pode ser resolvido com uma CPI”, esclarece a oposição.

Neto e o vereador Leandro da Renovação estão trabalhando nos bastidores para convencer outros parlamentares que a instalação de uma CPI é a melhor saída para dar transparência na administração pública municipal. “Infelizmente, essa gestão nunca priorizou a transparência com os gastos públicos. Vamos ver até quando isso vai acontecer?”, questiona Neto Batalha.

Fonte e foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia prende mulher que praticou roubo de motocicleta no Bugio
Enock Ribeiro, secretário Socorro, recebe Título de Cidadão Sergipano
Eliane participa reunião com articuladores do Selo UNICEF
Fábio Reis assina ordem de serviço para pavimentar povoado