Aracaju, 27 de setembro de 2021

Educação e Undime dialogam com municípios sobre retorno às aulas presenciais em Sergipe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, participou na manhã desta sexta-feira, 30, da II Reunião Técnica entre a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura e a União de Dirigentes Municipais de Educação (Undime), com a participação dos gestores educacionais dos municípios sergipanos. O encontro virtual aconteceu por meio da plataforma Zoom e teve como objetivo dialogar com os municípios sobre a retomada das aulas presenciais. Na última quarta-feira, 28, o Comitê Técnico-Científico e de Atividade Especiais do Governo de Sergipe deliberou que o retorno das aulas presenciais deverá acontecer a partir do dia 10 de maio, para os 1° e 2° anos do Ensino Fundamental da rede pública estadual. Do total desses alunos, 80% estão matriculados nas redes municipais de educação.

O Governo de Sergipe tem a intenção de iniciar a vacinação contra a Covid-19 em profissionais da educação, priorizando aqueles que retornarão às atividades presenciais a partir do próximo dia 10. O anúncio foi feito pelo governador Belivaldo Chagas.

O professor Josué Modesto lembrou que os municípios têm autonomia para adotar medidas mais restritivas do que as adotadas pelo Estado. “O importante agora para nós, dirigentes, está nessa autorização da retomada das aulas e como nos posicionaremos sobre isso. Estamos no meio de uma pandemia. Nós somos sensíveis a isso, e nossa maior preocupação é com as sequelas educacionais. Cada município vai ter que observar o seu cenário. É importante também que se faça um levantamento de dados para termos um retrato fiel dos profissionais que estarão envolvidos nesse retorno inicial”, disse.

A presidente da Undime e secretária municipal de Educação de São Cristóvão, Quitéria Barros, destacou o posicionamento do seu município quanto ao retorno das aulas presenciais, lembrando que é de fundamental importância que haja um avanço na vacinação dos professores contra a covid-19. “A Undime agradece a generosidade da Seduc pela consolidação desse regime de colaboração, por entender que nós precisamos fazer a educação juntos. Nosso intuito aqui é identificar os municípios sergipanos que estão dispostos a retomar as aulas. A gente gostaria de lembrar que a possibilidade de vacinação deve incluir os profissionais que atuam também na educação infantil. Em conversa com o comitê técnico-científico do município, a posição é de que primeiro deve haver a vacinação, para depois a retomada das aulas”, disse.

Já a secretária de Educação de Santana do São Francisco, Svetlana Ribeiro, afirmou que o município possui oito mil habitantes e apenas 16 casos de covid confirmados, o que dá um certo alívio para que se proceda ao retorno das aulas presenciais. “Está tudo certo para a retomada. Conversamos com os professores e gestores escolares, e a maioria se posicionou a favor do retorno no dia 10 de maio, de forma híbrida, respeitando todos os protocolos sanitários e pedagógicos. Mas acredito que cada município tem que perceber a sua realidade para tomar essa decisão”, declarou.

O município de Propriá também é a favor da retomada, mas, segundo o secretário de Educação, Glaedson Novais Pinto, ficou acertado para o dia 1º de junho. “Acreditamos que o retorno das aulas presenciais é necessário, sim. Vamos passar o mês de maio fazendo toda a preparação e organização do que é preciso para que se faça essa retomada. Também já verificamos quantos professores já foram vacinados contra a covid-19, pelo critério de idade. Então nesse prazo que estabelecemos, até o início de junho, também acreditamos que haverá um avanço na vacinação em nosso município”, disse.

Ainda durante o encontro, outros gestores municipais de Educação deram o seu posicionamento quanto à possibilidade de retomar as aulas presenciais no dia 10 de maio, para as turmas de 1º e 2º anos do Ensino Fundamental, tendo um grande número deles sinalizando a favor.

Outras pautas

Ainda durante o encontro com os gestores municipais foram discutidas outras pautas importantes. O superintendente executivo da Seduc, professor José Ricardo de Santana, fez uma devolutiva sobre a solicitação de internet patrocinada; a diretora da Coordenadoria de Estudos e Avaliação Educacional (Ceave), Joniely Cruz, falou sobre a Proposta de Encontro para apresentação da plataforma de apoio à aprendizagem; a diretora da Assessoria de Colaboração e Assistência aos Municípios (Ascam), Andrea Dantas, discorreu sobre a Formação de professores alfabetizadores, além do Cronograma e informes sobre os bolsistas do Programa Alfabetizar pra Valer.

A reunião contou ainda com a participação do coordenador da Coordenadoria Especial da Juventude, Eduardo Oliveira, que falou sobre o Encontro de Gestores Municipais da Juventude. Outras pautas debatidas foram a Formação para os Novos Conselheiros do FUNDEB e o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (SAEB).

Informações e foto SEDUC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

A Voz do Brasil: Rádio se reinventa para atingir novos públicos
Agrese realiza audiência de mediação entre órgãos públicos
Com programação em dois eixos, Prefeitura amplia difusão cultural
Passeio ciclístico “Pedalando pela Vida” movimenta a Orla de Atalaia. O evento faz parte da programação do Setembro Verde