04/05/21 - 14:42:14

VF: O PSB ESTARÁ AO LADO DOS VALORES DEMOCRÁTICOS, CIÊNCIA E DOS VULNERÁVEIS

Nesta terça-feira, 4, o presidente estadual do PSB e ex-deputado federal Valadares Filho concedeu entrevista ao Jornal da Fan, apresentado por Narcizo Machado. Durante o programa, ele destacou que há mais de um ano a sociedade acompanha apreensiva o avanço da pandemia e contabiliza os prejuízos gerados pela Covid, que segue fazendo vítimas em todo mundo. Valadares também abordou perspectivas para as eleições de 2022 e enfatizou que não é hora de priorizar o debate político.

“No final do ano passado estávamos com uma expectativa de ter um alívio em relação ao número de casos e mortes em 2021, mas hoje o cenário é ainda pior. Essa situação exige de todos nós responsabilidade pública. Precisamos cobrar dos estados e municípios, como também uma participação mais efetiva da União no sentido de preservar vidas e buscar a recuperação da economia”, frisou Valadares Filho.

O presidente estadual do PSB disse que tem percorrido os municípios sergipanos e está preocupado com a situação da população. “Tenho verificado em minhas andanças pelo estado, sempre realizadas com segurança e respeitando os protocolos de saúde, que vivemos um verdadeiro caos social. Sinto que o poder público não tem feito tudo que está ao seu alcance, apesar de ter tido recorde em arrecadação tanto em relação à União, quanto aos estados e municípios.  Os gestores públicos não podem reclamar que não tiveram recursos, o que está faltando é planejamento e criatividade para promoção de ações concretas em benefício do nosso povo”, salientou.

Segundo Valadares Filho, o Estado deve oferecer o suporte necessário a quem mais necessita de ajuda. “Em relação à questão social, não há uma política pública independente e efetiva em Sergipe. O que existe é uma ajuda para famílias, cerca de 30 mil sergipanos, que recebem em torno de R$ 100, 00 por mês. Essa ação ainda é pequena. Seria importante ampliar esse auxílio, com responsabilidade fiscal e financeira”, disse.

Para ele, também é importante implementar ações mais eficazes de socorro ao setor produtivo para assegurar a manutenção dos negócios e empregos no estado. “É preciso ouvir, trocar ideias e buscar, por exemplo, uma política de revisão do ICMS, que aliviaria um pouco o setor”.

ELEIÇÕES 2022

Questionado sobre qual seu futuro político em 2022, Valadares Filho disse que deverá ser candidato a deputado federal.  “Vivemos um momento em que não é prudente priorizar o debate eleitoral, mas entendo que esses questionamentos são naturais da vida pública. Assim, a tendência é de que eu seja candidato a deputado federal, mas iremos debater isso com o partido e ouvir a sociedade sergipana, porque todas as minhas decisões políticas foram compartilhadas com o povo de Sergipe e a direção nacional do PSB também”, afirmou.

A respeito da reaproximação entre o PSB e PT nacional, o ex-deputado federal ressaltou que o diálogo entre as agremiações têm sido programático e voltado à discussão da crise sanitária, política e socioeconômica do país. “Os dois partidos, que sempre tiveram convergências ideológicas e históricas de combates políticos, têm conversado de forma frequente sim, mas isso não tem acontecido só entre PSB e PT. Também existem conversas permanentes com PDT, Cidadania, PSOL e Rede. Partidos progressistas têm, de forma cotidiana, dialogado sobre o momento que vive o Brasil”, explicitou Valadares Filho.

De acordo com ele, esse diálogo entre os partidos não é de cunho eleitoral. “É claro que quando há convergências políticas, no futuro você pode conversar sobre alianças eleitorais, mas no momento isso não está acontecendo. Não é prudente e não iria contribuir em nada com nossa sociedade”.

Sobre os nomes ventilados para o governo de Sergipe, o presidente estadual do PSB afirmou que no momento oportuno o partido fará um debate amplo para ouvir suas lideranças e avançar na definição de um candidato que corresponda aos anseios da população sergipana.

“O PSB estará no palanque que defenda os valores democráticos, a importância da ciência e uma política pública efetiva em defesa dos mais vulneráveis. Isso posso dizer de forma categórica. Em relação aos nomes que estão sendo colocados para uma futura candidatura ao governo, ainda está muito cedo. O PSB tem muita responsabilidade com o futuro do estado e sua decisão levará em conta um novo modelo de gestão para Sergipe”, disse Valadares Filho, complementando.

“Fui o candidato a governador que chegou ao segundo turno nas últimas eleições com cerca de 40% dos votos. Então, toda decisão que o partido venha a tomar passará por um projeto de transformação do nosso estado, de reestruturação administrativa e de responsabilidade de gestão. A partir daí, no momento adequado, poderemos abrir um diálogo sobre possíveis alianças ao governo de Sergipe”, concluiu.

POR ASCOM/PSB