04/05/21 - 00:55:29

Sinalização para composição com PT

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmai.com

As conversas políticas excedem. Continuam um tanto quanto discretas para não revelar indiferença com a Pandemia que atinge diretamente à sociedade e vem provocando tristeza à família brasileira. Diante deste quadro, onde todos têm um amigo, incluindo parentes com o aconchego de pais e filhos, que não esteja sentido com as mortes provocadas pela Covid, sem contar pessoas com sequelas ou que sofram lenta recuperação nos leitos.

Mesmo assim, as discussões sobre eleições estaduais de 2022 se intensificam vão tomando formato porque, apesar de 16 meses que se tem pela frente para realização do pleito, o tempo é curto para formação de blocos para mandatos majoritários e fortalecimento de partidos que consigam montar chapas competitivas para deputados estadual e federal. Nada será fácil em razão do número de votos para eleger parlamentares, com a ausência da coligação e das sobras, o que torna o pleito também majoritário.

Ainda não tem um nome decidido para disputar a sucessão de Belivaldo Chagas (PSD), apesar de alguns políticos serem citados. Entretanto, o que demonstra mais certeza e solidez na condução do trabalho é o senador Rogério Carvalho (PT), que tende a disputar o Governo, independentemente da aceitação da aliança, em razão da exigência do seu partido, que deve ter Lula da Silva disputando a Presidência da República. Mesmo assim, alguns articuladores tentam evitar que o projeto político iniciado por Marcelo Déda chegue ao fim, através da formação de uma chapa que conserve a unidade e evite rachaduras.

Essa ação apaziguadora pode ser difícil. Rogério evidente que não fará nada sem ter uma conversa com o governador Belivaldo Chagas (PSD) para ter o seu apoio como candidato à sucessão, mas está definido que é o nome do partido para disputar o Governo, e disso o PT não abre mão. Também se prepara para a disputa por outra composição e, sobre isso, Sergipe está incluso entre as alianças que o seu partido pode fazer com o PSB e o ex-deputado federal Valadares Filho provavelmente não deve recusar a vice. A sinalização passa por esse caminho.

Síntese quer auxílio

O Sindicato dos Professores de Sergipe (Síntese) teve audiência, ontem, com o secretario da Educação, Josué Passos. Em pauta, o pedido de auxílio emergencial de R$ 600 para os ilustres mestres.

*** No portal da Transparência consta que o professor, com 25h de aula remota, recebeu R$ 4.040,61 e que a remuneração média dos professores da rede estadual do mês de abril foi de R$ 5.294,28.

*** Auxílio de R$ 600 para quem recebe salário acima de R$4 é um acinte aos que estão desempregados.

Restaurantes do interior

No próximo final de semana uma flexibilização: os restaurantes de cidades do interior de Sergipe vão reabrir e só podem atender a 30% de clientes.

*** Todos os restaurantes terão que cumprir protocolos preventivos e serão fiscalizados pela Vigilância Sanitária.

Não recusa convocação

Com o resultado de pesquisas realizadas que dá boa posição ao prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) na disputa pelo Governo do Estado, ele já passa a considerar essa possibilidade.

*** Caso seja uma convocação do grupo que o apoia, Edvaldo Nogueira disputa as eleições majoritárias, porque é um chamamento que ele não pode recusar.

*** – Afinal ele não recusará a seguir o projeto traçado pelo bloco que, inclusive, o apoiou intensamente à disputa pela reeleição à Prefeitura, disse um aliado.

Queijo caído

Um membro do PSB disse-me, bastante seguro, que “você (eu) demorou muito para reconhecer um entendimento PT/PSB”.

*** E continuou: “aliás, uma discussão já travada há vários meses e com articulações que vão deixar muita gente de queixo caído”.

*** – É aguardar pra ver e crer. Kkkk!

Retornam conversas

A informação do membro do PSB surgiu depois de informação de que “em Sergipe, PT e PSB caminham para retomar conversas após cinco anos de afastamento”.

*** E mais: “os petistas lançaram o senador Rogério Carvalho (PT-SE) como pré-candidato ao governo e buscam aliados”.

*** – Presidente do PSB em Sergipe, Valadares Filho lembra que os dois partidos têm uma relação histórica no estado desde os tempos do Governo Marcelo Déda, governador entre 2007 e 2013, conclui.

Tudo confirmado

Foi confirmado que as conversas acontecem, inclusive no contexto nacional, entre PT e PSB, onde Sergipe é sempre citado e a tendência é caminhar para uma composição.

*** Não houve ainda uma conversa de cúpula dos dois partidos no Estado e nem encontro entre Rogério e Valadares Filho.

*** Entretanto, filiados dos dois partidos têm se encontrado e as conversas rolam sobre aliança por um bom tempo.

Daniele e eleição

A delegada Daniele Garcia (Cidadania) não esconde que está “decididíssima a participar das próximas eleições, mas ainda sem definição ao cargo”!

*** As reuniões do Cidadania continuam ocorrendo, mas ainda sem tratar de mandatos para disputa em 2022.

*** Alguns analistas da política sergipana vê Daniele boa candidata ao Senado. Outros sugerem que ela tente a Câmara Federal.

Deserto de lideranças

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) disse que a romaria de Lula e Bolsonaro até o altar carcomido de Sarney escancara o óbvio: “vivemos um deserto de lideranças nacionais”.

*** – Os tais extremos são apenas faces da mesma moeda que faz girar a política brasileira, viciada em ocupação predatória do poder, fisiologismo e corrupção, disse.

Só na hora certa

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) disse ontem que seu trabalho “é diário visando realizar um mandato que faça jus à confiança dos sergipanos”.

*** Acrescenta que tratar sobre as eleições de 2022 “só na hora certa”. Diz que tem movimentação sobre isso e considera legítimo, “mas estou tranquilo”.

*** Reconhece que muitos amigos torcem por ele, “mas entendo que o processo leva tempo, é uma construção”.

*** E mais: “tenho certeza que o governador saberá lidar da melhor forma”.

Sobre a Ciclovia

O ex-deputado federal André Moura esteve ontem, em Brasília, com a senadora Maria do Carmo Alves (DEM) e lhe mostrou o projeto da Ciclovia Aracaju-Salvador.

*** A senadora gostou da ideia e também vai trabalha por sua construção. O deputado federal Fábio Henrique (PDT) também quer trabalhar para viabilizar o projeto.

Morre Jocelino Farias

A coluna de hoje é dedicada ao médico Jocelino Farias de Menezes, que morreu ontem vítima da Covid. Grande profissional, Sergipe perde muito com a ida de Jocelino.

*** Amigo de sempre, Jocelino provoca um vácuo na vida de todos da família, assim como dos seus pacientes. Estou muito triste.

Um bom bate papo

Revista Fórum – “O sangue LGBT também é sangue Sem Terra”, diz MST sobre assassinato de ativista gay no Paraná.

Diz a Abraji – “Desde o início, a imprensa foi um tormento para os donos do poder”, diz ministro do TSE, Luís Roberto Barroso, ao comentar sobre a imprensa no Brasil.

Ancelmo Góes – “Juiz denunciado por favorecer PMs é condenado a se aposentar compulsoriamente.

Eduardo Leite – Nossa torcida e orações estão com o amigo Bruno Covas, prefeito de São Paulo e exemplo de coragem!

Ancelmo Góes – STF suspende decisão do Estado do Rio para vacinação prioritária de agentes da Segurança

Elaine Farias – Hoje qualquer direita é extremista, qualquer cristianismo é fanatismo, qualquer opinião contrária à esquerda é discurso de ódio.

Situação crítica – O presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ), Marcelo Rech, está trazendo alguns dados sobre a situação crítica da liberdade de imprensa no Brasil.

José Guimarães – Lula cumprirá intensa agenda essa semana em Brasília. Três temas estão na agenda política: auxílio emergencial, vacina e emprego.