05/05/21 - 08:29:21

Bolsonaro virou refém do centrão

Por Adiberto de Souza *

Eleito prometendo acabar com o “toma lá, da cá”, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) terminou virando refém do Centrão, grupamento político formado pelo baixo clero do Congresso. Com a onda do impeachment batendo à porta do Palácio do Planalto, o capitão de pijama se viu forçado a partilhar o governo com o que de pior existe na política. Desde então, tem fatiado os ministérios e exonerado quadros técnicos para aboletar cabos eleitorais nos órgãos do segundo escalão. Um bom exemplo disso é a Superintendência do Incra em Sergipe, sem comando efetivo desde janeiro passado. Como os deputados federais Gustinho Ribeiro (SD), Fábio Reis (MDB) e Bosco Costa (PL) pretendem indicar o novo superintendente, Bolsonaro ainda não nomeou ninguém, pois não quer contrariar os dois aliados não contemplados com a indicação. Este caso de Sergipe escancara o grau de sua dependência ao baixo clero. A pressão por cargos é tamanha que Bolsonaro dorme e acorda temendo que chefe o dia em que o Centrão também queira lhe tomar a cadeira presidencial. Misericórdia!

O sonho da CPI

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) ficou empolgado com a promessa do colega Gilmar Carvalho (PSC) de assinar o requerimento propondo a abertura da CPI da Covid-19. O cidadanista sonha em obter as oito rubricas para instalar a Comissão, contudo, poucos acreditam nisso. Aliás, por conta desta sonhada CPI, a deputada estadual Kitty Lima (Cidadania) se antipatizou com a bancada da situação na Assembleia, após ter insinuado que quem se recusa a assinar o requerimento de Georgeo vive no bolso do governador Belivaldo Chagas (PSD). Crendeuspai!

Queixosa com Nitinho

E quem está chateada com a presidência da Câmara de Aracaju é a vereadora Emília Corrêa (Patriota). Eleita pelos colegas para presidir a Procuradoria da Mulher, a parlamentar reclama da demora para instalação do órgão. Segundo Emília, o presidente da Câmara, Nitinho Vitalle (PSD), prometeu em março, o pessoal necessário para o funcionamento da Procuradoria, só que até hoje nada. Crendeuspai!

Paquera partidária

PT e PSB podem marchar juntos nas eleições de 2022, porém muita água passará por debaixo da ponte antes de um possível acordo entre as duas legendas. Segundo o presidente do PSB sergipano, Valadares Filho, os dois partidos têm conversado, mas esse diálogo ainda não tem cunho eleitoral. Em Sergipe, o PSB se afastou do PT em 2016, ao descer do palanque governista para bancar a candidatura de Valadares Filho à Prefeitura de Aracaju. Nas eleições de 2018 e 2020, as duas legendas permaneceram em lados opostos. Será que voltam a se juntar em 2022. Aguardemos, portanto!

Vidas em perigo

A vereadora Linda Brasil (Psol) é radicalmente contra o retorno das aulas presenciais nas escolas municipais de Aracaju. Segundo ela, essa decisão da Prefeitura pode levar à morte os trabalhadores da educação que ainda não foram vacinados contra a covid-19. Linda espera que o Ministério Público intervenha em favor dos educadores, pois o reinício das aulas presencias em plena pandemia vai de encontro a todas as recomendações dos cientistas e profissionais de saúde. Linda está certíssima!

Agora vai!

E o deputado federal Valdevan Noventa (PL) segue construindo a sua pré-candidatura ao Senado. Entrevistado pela rádio Jornal/FM, o fidalgo se disse otimista com o projeto político, principalmente após 25 prefeitos terem assumido o compromisso de apoia-lo na nova empreitada. Alguém precisa dizer a Valdevan que em política nem tudo que se promete se cumpre. Ademais, entre as palavras empenhadas dos prefeitos e os votos dos sergipanos existe uma distância abismal. Home vôte!

Efeito da CPI

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) garante que a CPI da Covid-19 já começou a gerar efeitos positivos: “O ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, passou a entender e respeitar o distanciamento social e a necessidade de isolamento daqueles que encontraram com pessoas contaminadas”. Ao menos, segundo o senador sergipano, foi isso que o ex-ministro alegou para não comparecer à CPI nesta quarta-feira. É, pode ser!

Morre ex-prefeito

O município de Riachuelo está enlutado pela morte do ex-prefeito Américo Ferreira Leite (DEM), 83 anos. O demista morreu, ontem, no Hospital de Cirurgia, onde estava internado com problemas respiratórios. O presidente do DEM em Sergipe, José Carlos Machado, lamentou a morte do amigo e aliado político. Descanse em paz!

Mal na fita

Veja que lástima: O Brasil tem o maior número de casos de casamento infantil da América Latina e o quarto no mundo. No país, 36% da população feminina se casa antes dos 18 anos. Estudo do Banco Mundial mostra que se a menina estiver grávida não há limite de idade. O casamento infantil responde por 30% da evasão escolar feminina e as coloca em maior risco de sofrer violência doméstica, estupro marital e mortalidade materna e infantil. Só Jesus na causa!

Cadê a licitação?

A licitação do transporte coletivo da Grande Aracaju está sendo cobrada pelo vereador Ricardo Marques (Cidadania). Segundo ele, a melhoria do serviço prestado pelas empresas de ônibus aos aracajuanos passa pela realização da concorrência pública. Aliás, a cobrança feita pelo cidadanista é correta, pois o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) promete fazer essa licitação desde que disputou a prefeitura de Aracaju pela primeira vez, no distante em 2008. Quem sabe, Edvaldo agora compre a promessa. Marminino!

Recorte de jornal

Publicado no Jornal do Aracaju, em 10 de dezembro de 1871.

* É editor do Portal Destaquenotícias