06/05/21 - 05:33:34

PREFEITURA RETOMA OS ATENDIMENTOS NO HOSPITAL NESTOR PIVA, EM ARACAJU

A Prefeitura de Aracaju retomou neste domingo (30) o atendimento clínico, cirúrgico, ortopédico e de covid-19 no Hospital Municipal Nestor Piva. A ala atingida pelo incêndio permanece isolada.

Na área exclusiva para pacientes com covid-19, o atendimento será retomado no container, que foi realocado para a área do fundo da Unidade e terá estabilização com cinco leitos,  enfermaria com nove leitos e área de observação.

De acordo com a secretária da Saúde, Waneska Barboza, foi realizado uma força-tarefa intensa para reestabelecer o atendimento o mais rápido possível do Hospital Nestor Piva.

“Foi realizada vistoria na área não atingida pelo incêndio e autorizado o retorno pela Defesa Civil. O espaço afetado segue isolado e os reparos começam a ser feitos a partir de amanhã, segunda-feira. Aproveito para agradecer todo o empenho dos trabalhadores no salvamento e retomada dos atendimentos”, afirma.

Ainda segundo Waneska, a SMS fez uma rápida articulação para encontrar leitos para a transferência dos pacientes. “Graças ao aumento do número de leitos que fizemos nos últimos meses, foi possível absorver a grande maioria desses pacientes na nossa rede municipal. Devido ao quadro clínico, alguns pacientes precisaram ser transferidos para UTI”, enfatiza a secretária.

Revisão geral

A pedido da Secretaria da Saúde de Aracaju, paralelo ao trabalho de limpeza e de reestruturação da UPA, o Centro Médico do Trabalhador, que administra a unidade, realizou nova inspeção técnica, na manhã de sábado (29), nas redes elétrica e de gases do prédio, de modo a certificar que as áreas não atingidas estejam em condições de retomar os atendimentos em segurança. Desde a tarde de sexta-feira, equipes realizam os devidos reparos na UPA para viabilizar o restabelecimento dos serviços na unidade.

A Secretaria realiza fiscalizações periódicas na Unidade, avaliando a manutenção predial.

Incêndio

Na última sexta-feira, dia 28 de abril, um incêndio ocorreu no Hospital Nestor Piva. Foram registrados danos em equipamentos. O incêndio teve início na sala de prescrição médica da ala covid, no momento, havia 41 pacientes na unidade, sendo 24 internados nesta ala, 14 na ala de internação geral e três em observação.

Por causa das chamas, foi necessário evacuar e isolar toda a unidade, sendo necessário remover pacientes e 37 profissionais. Quatro pacientes foram a óbito, todas mulheres, com idade entre 49 e 77 anos. Três delas faleceram no local e uma durante a transferência.

Paralelamente, a Central de Regulação da SMS articulou a liberação de leitos tanto na rede municipal quanto nas redes estadual e particular de saúde. Das pessoas transferidas da UPA, entre pacientes (36) e profissionais (37), 62% foram absorvidas na própria rede municipal, cuja capacidade de atendimento, ampliada pela Prefeitura em 90% entre janeiro e maio deste ano, tem evitado a desassistência em saúde da população durante a pandemia. Com taxa de ocupação dos leitos de retaguarda inferior a 55%, na sexta-feira (28), a rede municipal dispunha de estrutura suficiente para atender a demanda emergencial decorrente do fechamento temporário dos leitos do Nestor Piva.

Dos 31 pacientes que permanecem internados, seis estão no Hospital Universitário, dois estão na Unidade de Tratamento para Queimados, três na Retaguarda Municipal no Huse, três no Fernando Franco, dois no HPM, dez na retaguarda municipal do Santa Isabel, quatro no Cirurgia.

Foto: Marcelle Cristinne