10/05/21 - 15:35:37

Aracaju amplia vacinação contra a covid-19 de pessoas acima 56 anos com comorbidades

Nesta etapa, também serão vacinadas gestantes e puérperas, sem comorbidades, acima de 18 anos

A Prefeitura de Aracaju avançará na vacinação contra a covid-19 do grupo com comorbidades e ampliará, nesta terça-feira, 11, para a população acima de 56 anos, de forma escalonada. Nesta etapa, também poderão receber a vacina gestantes e puérperas, acima de 18 anos, com ou sem comorbidades. Além disso, nesta terça, a capital retomará a aplicação da 2ª dose da vacina Coronavac, para as pessoas que receberam a 1ª dose do imunizante nos dias 4, 5 e 6 de abril. A gestão também dará continuidade à vacinação em 2ª dose da Astrazeneca, e dos profissionais de Saúde, com a vacina da Pfizer.

“É com muita felicidade que anunciamos a ampliação da vacinação para o grupo com comorbidades. A partir de amanhã, dia 11, de forma escalonada, quem tem acima de 56 anos poderá receber a 1ª dose da vacina. Também ampliaremos para gestantes e puérperas, acima de 18 anos, com e sem comorbidades. Além disso, também retomaremos a segunda dose da Coronavac, e daremos continuidade à segunda dose da Astrazeneca. É muito importante que os aracajuanos fiquem atentos aos calendários, aos locais de vacinação, e se vacinem, completando o ciclo de imunização. Vamos juntos vencer o coronavírus e, para isso, a vacina é fundamental”, destacou o prefeito Edvaldo Nogueira.

Comorbidades

De acordo com o cronograma estabelecido pela Secretaria da Saúde de Aracaju, a vacinação do grupo com comorbidades seguirá com a imunização daqueles que têm 58 anos, nesta terça-feira, 11, e quarta-feira, 12. Na quinta e sexta-feira, dias 13 e 14, será a vez da população de 57 anos. Já no sábado e domingo, 15 e 16, recebem a primeira dose quem possui 56 anos.

Dentro do grupo de pessoas com comorbidades, poderão receber a vacina os aracajuanos que possuem diabetes Mellitus; pneumopatias crônicas graves; hipertensão arterial resistente, estágio 3 ou estágio 1 e 2 com lesão em órgão-alvo/comorbidade; doenças cardiovasculares; doença cerebrovascular; imunossuprimidos; hemoglobinopatias graves (doença falciforme e talassemia maior); obesidade mórbida e cirrose hepática.

Também estão incluídas nesta etapa da campanha municipal de vacinação gestantes e puérperas acima de 18 anos, com e sem comorbidades; pessoas com doença renal crônica acima dos 18 anos e pessoas com Deficiência Permanente, cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC), que tenham acima de 56 anos, de forma escalonada.

Para receber a primeira dose da vacina, o público-alvo poderá optar pelo drive-thru, instalado no Parque Governador Augusto Franco (Sementeira), de 8h às 17h, com o código autorizativo, ou pelos pontos fixos, que funcionam das 8h às 16h. É necessário apresentar relatório médico comprovando a comorbidade.

No caso das gestantes e puérperas, elas poderão se vacinar na Escola Municipal Presidente Vargas, com o imunizante da Pfizer, mediante apresentação do código autorizativo, ou nos pontos fixos, com a Astrazeneca. A vacinação poderá ocorrer em qualquer mês da gestação, com apresentação de encaminhamento do médico ou enfermeiro da Atenção Primária à Saúde do SUS, relatório médico ou cartão da gestante, assinados por profissionais de Saúde.

Para garantir a organização do fluxo e a segurança da população, estão sendo disponibilizados dez pontos fixos para este grupo: UBS José Augusto Barreto (bairro Japãozinho), UBS Augusto Franco (bairro Farolândia), UBS Santa Terezinha (zona de Expansão), UBS Marx de Carvalho (Ponto Novo), UBS Adel Nunes (bairro América), CRAS João de Oliveira Sobral (bairro Santos Dumont), UBS Manoel de Souza Pereira (bairro Sol Nascente), UBS Hugo Gurgel (na Coroa do Meio), UBS Cândida Alves (bairro Industrial) e UBS Edézio Vieira de Melo (bairro Siqueira Campos).

2ª dose Coronavac e Astrazeneca

Nesta terça também será retomada a aplicação da 2ª dose da Coronavac, com a chegada de novas doses do imunizante enviadas pelo Ministério da Saúde. O calendário será retomado por aqueles que tomaram a 1ª dose no dia 4 de abril. Na quarta-feira, 12, recebem o reforço quem recebeu a 1ª dose no dia 5 de abril, e na quinta-feira, 13, quem se vacinou com a 1ª dose no dia 6 de abril. Para essas pessoas, a vacina estará disponível no posto itinerante do Parque da Sementeira e em cinco pontos fixos: UBS Francisco Fonseca (bairro 18 do Forte), Estação Cidadania (bairro Bugio), UBS Amélia Leite (bairro Suissa), UBS Oswaldo de Souza (bairro Getúlio Vargas) e Colégio CCPA (bairro Grageru).

Já a 2ª dose da Astrazeneca, estará disponível para as pessoas que tomaram a 1ª dose a partir de fevereiro, seguindo o intervalo de 90 dias entre as doses, nos seguintes locais: UBS José Augusto Barreto (bairro Japãozinho); UBS Augusto Franco (bairro Farolândia); UBS Santa Terezinha (zona de Expansão), UBS Marx de Carvalho (Ponto Novo), UBS Adel Nunes (bairro América), CRAS João de Oliveira Sobral (bairro Santos Dumont), UBS Manoel de Souza Pereira (bairro Sol Nascente), UBS Hugo Gurgel (na Coroa do Meio), UBS Cândida Alves (bairro Industrial) e UBS Edézio Vieira de Melo (bairro Siqueira Campos).

Vacina Pfizer

A Prefeitura também dará continuidade à vacinação dos profissionais de Saúde, cadastrados no portal “VacinAju”, até alcançar 100% deste público. Os profissionais estão sendo vacinados na Escola Municipal Presidente Vargas, das 8h às 17h. Além dos profissionais de Saúde, também poderão receber a vacina da Pfizer gestantes e puérperas que optarem pelo imunizante. Para ambos, é necessário apresentação do código autorizativo.

Foto: Ana Lícia Menezes/PMA