10/05/21 - 16:59:44

Fim de semana tem elevado registro de acidentes de trânsito no Huse

De sexta-feira, 7, até as primeiras horas da manhã desta segunda-feira, 10, o Pronto Socorro do Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse), registrou 319 atendimentos a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) que buscaram assistência médica no maior hospital público do Estado. Foram casos de média e alta complexidade, além de muitas vítimas que se envolveram em acidentes no trânsito. Foram contabilizados 12 vítimas por acidente motociclístico, 7 vítimas por acidente automobilístico, 2 vítimas por atropelamento.

O Superintendente da unidade, Walter Pinheiro, fez um alerta às pessoas. “Nesse final de semana tivemos um número considerável de atendimentos e de internação de pacientes vítimas de trauma, entre eles os de acidente automobilístico e motocicleta.

Fica o alerta que estamos no enfrentamento da pandemia da Covid-19 e estamos concorrendo com a pandemia do trauma, isso só nos deixa numa situação de superlotação. É importante se atentar ao limite de velocidade, ao uso dos equipamentos de proteção individual, cinto de segurança e capacete, evitar a utilização do telefone celular enquanto estiver dirigindo, bem como ao uso de bebidas alcoólicas associados à direção, porque só assim vamos conseguir administrar essa situação da melhor maneira”, enfatizou o superintendente do Huse.

Desse total, 83 pessoas precisaram continuar em observação ou internados. A Ortopedia e a Sutura registraram 127 pacientes atendidos, nos consultórios do Otorrino e Oftalmo foram totalizados 24 atendimentos. Já na Área Azul foram atendidos 98 pacientes que precisavam de assistência médica mais específica, outros 40 pacientes foram de retaguarda do Hospital da Polícia Militar (HPM) ou outros municípios.

O Hospital Pediátrico Drº José Machado de Souza, continua com a sua assistência dentro da normalidade e registrou durante esse final de semana 21 atendimentos aos pequenos pacientes. A vendedora, Isadora Andrade, 28, buscou auxílio na pediatria depois da sua filha I. A.S, 4, não se sentir bem em casa e apresentar febre.

“Na última sexta-feira minha filha estava bem e brincando com a prima em casa. No sábado, ela começou a apresentar garganta inflamada, febre e alegava dor na barriga. Corri com ela para a pediatria e graças a Deus ela já está sendo tratada e se recuperando. O atendimento foi imediato e tudo tranquilo”, enfatizou a vendedora Isadora Andrade.

Ainda foram atendidas 8 vítimas por arma branca, 2 vítimas por arma de fogo, 6 vítimas por agressão física ou espancamento, 17 pessoas com sintomas de dor abdominal, 10 com sintomas de dor de cabeça, 41 vítimas de queda, 10 pessoas com suspeitas de AVC, além de outros diagnósticos.