12/05/21 - 05:05:22

Linda manifesta repúdio aos casos de racismo em Aracaju e chacina no Rio

 

Na manhã desta terça-feira, 11, a vereadora Linda Brasil (PSOL), foi ao pequeno expediente onde declarou seu repúdio pela atitude racista de uma instituição de ensino particular, através de um outdoor elitista que separa aqueles/as estudantes que entraram na universidade pela ampla concorrência, destacando que não haviam utilizado as políticas de cotas.

“Instituições de ensino que não conseguem considerar o processo histórico sofrido pela população negra, e desrespeitam as políticas afirmativas como as cotas, não são capazes de construir uma educação de qualidade, justa e igualitária. Cotas não é esmola, cota não é privilégio, é uma reparação histórica, toda a minha solidariedade ao movimento negro, a população negra que foi ofendida com esse outdoor muito perverso”, explanou.

Aproveitou para repudiar a chacina ocorrida na Comunidade do Jacarezinho, no Rio de Janeiro, onde 28 pessoas foram mortas. “É necessário olhar para esse tipo de operação com uma visão crítica, a essa política de segurança pública de guerra as drogas, que só contribui para mortes de cidadãos e policiais, precisamos investir em inteligência para descobrir os verdadeiros criminosos, que muitas vezes estão envolvidos com grandes redes, defender os direitos humanos a todas as pessoas é nosso dever, porque isso significa defender todas as vidas”, declarou Linda.

Assistência Social

Na ocasião, a parlamentar comunicou sobre a reunião que teve com a Secretaria Estadual da Assistência Social, através da secretária Lucivanda Nunes Rodrigues, onde foi discutido a situação da insegurança alimentar, da fome entre as famílias sergipanas no contexto da pandemia da Covid-19.

“Falamos sobre o funcionamento do restaurante popular Padre Pedro, cursos de formação e capacitação, distribuição de cestas básicas que deve ser um dever do governo, a partir disso, eu queria apresentar um debate necessário a vocês sobre a fome, e a importância de um restaurante popular municipal. O inquérito nacional sobre insegurança alimentar no contexto da pandemia no Brasil, divulgado pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional, a RBPSSAN, indicou que nos últimos meses de 2020, 19 milhões de brasileiros passaram fome. Segundo dados da Secretaria Municipal da Assistência Social, aqui em Aracaju, 38, 7 mil famílias estão vivendo em extrema pobreza, é por isso que a nossa mandata indicou a construção de um restaurante popular municipal, com urgência”, informou.

Fonte e foto Assessoria