13/05/21 - 08:12:39

Parceria entre Governo e Senai possibilitará a oferta de cursos técnicos a alunos da rede pública

Foi formalizado nesta quarta-feira, 12, o termo de cooperação entre o Governo de Sergipe e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para a oferta de cursos da Educação Profissional, concomitante ao Ensino Médio, a 60 alunos da rede pública estadual. A iniciativa beneficiará estudantes matriculados em duas escolas estaduais situadas em Aracaju. Serão 30 vagas para o Colégio Estadual Professor Arício Fortes, no curso de Administração; e 30 vagas para o Colégio Estadual 24 de Outubro, no curso técnico em Segurança no Trabalho. As matrículas estão sendo feitas pelas unidades de ensino, e as aulas terão início na próxima semana, 18 de maio, de forma remota.

O acordo foi assinado pelo secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, que estava acompanhado do superintendente executivo, professor José Ricardo de Santana; pelo diretor regional do Senai, Paulo Sérgio de Andrade Bergamini; e a gerente de Educação Profissional do Senai, Silvia Regina Delmondes Freitas. O Senai é o maior complexo privado de educação profissional da América Latina e desde sua criação, em 1942, já formou mais de 73 milhões de trabalhadores em 28 áreas da indústria, em mais de 2 mil municípios brasileiros, ofertando cursos em todos os níveis da educação profissional e tecnológica.

Para Josué Modesto, as parcerias são sempre um bom caminho para consolidar o processo educacional. “Estamos felizes em poder estreitar essa relação do setor privado com a rede pública estadual de ensino, no âmbito da educação profissional. Com a oferta desses dois cursos será possível ampliar ainda mais as possibilidades para o jovem que optar por conciliar seus estudos no ensino regular com o ensino profissionalizante”, declarou o secretário da Seduc, elogiando o trabalho que o Senai vem empreendendo ao longo de anos no Brasil e em Sergipe, contribuindo com a plena formação de jovens para acesso ao mercado de trabalho.

O diretor regional do Senai, Paulo Bergamini, também expressou sua satisfação com a assinatura do termo de cooperação. “Para nós é uma honra firmar essa parceria com a Secretaria de Estado da Educação, ação que permitirá que os estudantes possam ampliar seus horizontes diante do atual cenário”, frisou ele, ao apresentar, juntamente com a gerente de Educação Profissional do Senai, Silvia Freitas, os resultados alcançados pela escola técnica nos últimos cinco anos. Durante os cursos, cujas cargas horárias são de 1.130 horas (Administração) e 1.340 horas (Segurança do Trabalho), os alunos terão acesso ao material didático disponibilizado pelo Senai, que poderá ser acessado no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA/Senai), além dos kits pedagógicos para aulas práticas do curso de Segurança do Trabalho.

O professor José Ricardo de Santana, superintendente executivo da Seduc, destaca que o termo de cooperação possibilitará que os alunos da rede estadual tenham a oportunidade não somente de cursar o ensino médio, mas também fazer um curso técnico integrado oferecido pelo Senai. As aulas terão início na próxima terça-feira, 18, ocorrendo, inicialmente, de forma remota, como já vem acontecendo no ensino regular da rede pública estadual. “Os alunos irão acompanhar as atividades do curso no contraturno às aulas obrigatórias previstas no calendário escolar da unidade de ensino”, informou o gestor.

A técnica pedagógica do Serviço de Educação Profissional da Seduc, setor vinculado ao Departamento de Educação, Débora Fontes explica que o plano de atividade seguirá de forma remota por conta da suspensão das aulas presenciais. Assim que for autorizado o retorno presencial, os alunos cumprirão a carga horária do ensino médio no turno da manhã, com pausa para o almoço, e em seguida, à tarde, com as aulas do curso técnico. “As matrículas estão abertas e são feitas pelas escolas, que vêm recebendo a assistência do Sepro e da Diretoria de Educação de Aracaju (DEA)”.

“Nossa equipe da Seduc/DEA estará junto à do Senai durante todo o desenvolvimento dessa parceria. A intenção é que essa formação faça sentido para nossos estudantes e que eles possam concluir o Ensino Médio qualificados e capazes de entrar no mundo do trabalho. Nesses sentidos, o acompanhamento pedagógico, a análise do desempenho dos estudantes e a aproximação aos gestores e professores será essencial para auxiliá-los nessa jornada”, concluiu Débora Fontes.

Assessoria de Comunicação da SEDUC