18/05/21 - 05:58:08

MAPEAMENTO DA COVID-19. EM SERGIPE, ARACAJU, SOCORRO, BARRA E SÃO CRISTÓVÃO

Ministério da Saúde enviará mensagens de texto ou WhatsApp com informações sobre a pesquisa

O Ministério da Saúde começa a enviar, nesta segunda-feira (17/05), mensagens via WhatsApp e SMS aos selecionados para a Pesquisa de Prevalência de Infecção por Covid-19 no Brasil (PrevCov). O estudo, que irá mostrar o comportamento da Covid-19 em território nacional, vai contar com a participação de 211.129 brasileiros, em mais de 62 mil domicílios de 274 municípios.

Os selecionados para a PrevCov participaram da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Covid-19) realizada no ano passado em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os escolhidos receberão mensagem confirmando a seleção por SMS ou WhatsApp. É importante estar atento: neste contato nenhum dado do selecionado é solicitado. 

Após a mensagem, dias depois, a central ligará para o selecionado e confirmará sua participação. Nesta ligação, a equipe fará uma breve entrevista com o escolhido. Uma vez que o selecionado aceite participar, a central faz o agendamento para a coleta. O coletador irá até a casa do participante com identificação, portanto, não será necessário ir ao laboratório. Antes do procedimento, o selecionado deve assinar um termo de consentimento para a coleta de sangue.

Os participantes do estudo serão testados para identificar a presença de anticorpos do tipo IgG para a Covid-19, apontando quem já foi contaminado ou desenvolveu imunidade após a vacinação. A pesquisa de soroprevalência vai mostrar qual é o comportamento do vírus no Brasil. Os participantes terão acesso ao exame de forma individual. O Ministério da Saúde divulgará os resultados da pesquisa em documentos técnicos e coletivas de imprensa – a previsão de conclusão é para setembro deste ano.

Mais informações sobre a pesquisa podem ser consultadas na Ouvidoria do SUS, por meio do número 136. 

Por Nathan Victor
Ministério da Saúde