20/05/21 - 12:29:13

Primeira parcela do Auxílio Municipal Emergencial será creditada nesta sexta-feira

Os beneficiários do Auxílio Municipal Emergencial (AME), programa de caráter temporário e excepcional lançado pela Prefeitura de Aracaju, terão acesso à primeira das três parcelas do benefício a partir desta sexta-feira, dia 21.

Na última segunda-feira (17), a Secretaria Municipal da Assistência Social, que operacionaliza o AME, iniciou a entrega dos cartões. Com o programa, 5.000 famílias de baixa renda de Aracaju receberão R$600,00, quantia que será paga em três parcelas de R$200,00, programados para os meses de maio, junho e julho, com depósito sempre no dia 21 de cada mês, totalizando um aporte de R$3 milhões.

“São 15 equipes que estão distribuídas pelos bairros de Aracaju para fazer a entrega desses cartões. A meta é concluir a entrega ao longo desta semana, contudo, em virtude das chuvas e possíveis dificuldades em localizar os contemplados, as entregas podem ser concluídas na semana que vem”, explica a secretária da Assistência Social de Aracaju, Simone Passos.

Esse cartão, destaca a gestora, foi pensado para suprir algumas necessidades principais de uma família, como alimentação e medicação. “E conseguimos abrir, ainda, para botijão de gás. O saque em si não é autorizado, o uso efeito em apenas locais que aceitam Banese”, esclarece a secretária.

O beneficiário não precisa ativar o cartão no momento do recebimento, haja vista o Banco do Estado de Sergipe (Banese), instituição financeira responsável pelo repasse do auxílio, já ter realizado o desbloqueio com a disponibilização de senhas individuais. O Banese, inclusive, orientará todos os cidadãos sobre as dúvidas referentes ao uso do cartão.

O AME é uma das principais ações do Programa Cidade Solidária, pacote de medidas lançado pela Prefeitura de Aracaju com o objetivo de reduzir os efeitos sociais e econômicos causados pela pandemia do novo coronavírus na capital sergipana.

O público-alvo é composto de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, ambulantes, população em situação de rua, artistas, artesãos, trabalhadores de shows e eventos, além dos permissionários do transporte escolar.

Para receber o auxílio, é preciso estar inscrito no Cadastro Único e não ter acesso a nenhum outro tipo de benefício social financeiro, seja federal ou estadual.

Contato

Em caso de dúvidas sobre a validação do cadastro, a Central Única de Atendimento da Secretaria Municipal da Assistência Social continua à disposição do cidadão através do telefone (79) 3711-5011.

Foto assessoria

Por Tirzah Braga