Aracaju, 22 de setembro de 2021

A aflição de candidatos à reeleição

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Diógenes Brayner diogenesbrayner@gmail.com

Os partidos políticos começam a se movimentar para formar suas chapas a deputados estadual e federal. Há uma preocupação grande em relação ao próximo pleito, que vai manter a legislação atual, com uma dificuldade: não haverá aproveitamento das sobras. Em 2020 alguns vereadores se elegeram com menos percentual de votos que o concorrente, o que revela um contrassenso em relação à vontade popular. Isso acontecia nos velhos tempos em que se seguia uma legislação que permitia a proporcionalidade, onde, muitas vezes, “menos valia mais”.

Um outro problema preocupa os presidentes de partidos em Sergipe: é a condição de montar chapas para a disputa de deputados, em razão de uma relação de filiados – que sejam candidatos – em condições de somar votos suficientes para eleger o primeiro da sigla. Tem partido trabalhando muito para isso e sente a dificuldade nessa chance de chegar ao total estipulado para conseguir que apenas um se dê bem, através da ajuda dos que vêm mais abaixo para empurrar o que tem melhor estrutura eleitoral.

Em razão disso abre-se um leque para renovação, porque as siglas de médio porte não aceitam filiação de deputados que tentam a reeleição. Estão preferindo montar uma estrutura com pequenas lideranças que acumulem o percentual de votos suficientes para eleger o primeiro, com rara possibilidade de fazer um segundo. Aparentemente esta bem decidida à manutenção da legislação atual, mas os deputados federais estão em movimento para tentar uma mudança para o pleito de 2022, como chance de sonhar em conseguir a reeleição.

Para federal a coisa se complica. O partido precisa somar 130 mil votos para eleger o primeiro e boa parte das siglas, principalmente as pequenas, não terão condições de chegar a isso. Em Sergipe, poucas legendas terão condições de atingir o limite imposto pela legislação. Em razão disso já se percebe tensão em um ou outro parlamentar, que deve trocar de legenda na esperança de se manter na Câmara Federal, mesmo tendo ele chances de atingir os 50 mil votos. Todas as disputas, na atual legislação, têm as mesmas características de majoritárias, sem direito a segundo turno.

Caso não haja mudanças, a disputa pela Assembleia e Câmara vai se tornar muito difícil, porque não há garantia de atingir o limite exigido de votos, nem com o velho mercado livre que se pratica a cada pleito.

Sobre shoppings

O Comitê Técnico e Científico não ampliou a abertura dos shoppings em Sergipe. Houve apenas uma solictação dos empresários que foi atendida.

*** Os shoppings vão abrir nos sábados, mas continuarão fechados nos domingos e também nas segundas-feiras;

Lembrando 1982

Ontem, um político da velha guarda compara a indicação do candidato a governador em 2022 ao formato do que aconteceu em 1982.

*** Lembrou que o grupo liderado pelo governador Augusto Franco tinha três nomes que apareciam como candidatos à sua sucessão.

*** Mas o governador indicou o engenheiro João Alves Filho.

Uma pequena pausa

Houve uma trégua entre os pré-candidatos a governador, nas conversas com lideranças políticas e principalmente prefeitos.

*** Neste momento o tratamento é meramente pessoal, mas os projetos vão depender da posição do bloco que consolide a indicação.

Pisar pé no freio

O prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) se mantém disposto a candidatar-se a Governo, está conversando com cautela, mas seu objetivo é a sucessão estadual.

*** Poucas pessoas ligadas a ele pedem para que ponha o pé no freio e faça, porque há necessidade de avaliação do grupo em torno do seu nome.

Iran não sai do PT

O Diretório Estadual do PT explica sobre as informações de possível saída do deputado Iran Barbosa do partido e filiação dele e de pessoas ligadas a ele a outra sigla.

*** Explica que na reunião do Diretório do PT/SE, realizada na semana passada, o deputado Iran Barbosa reafirmou seu compromisso com o PT, único partido que militou e se filiou.

*** Iran reafirmou também sua vontade de continuar no PT e disputar a reeleição em 2022. O Diretório mantém confiança e certeza que Iran Barbosa tem muito a contribuir com a classe trabalhadora e, em especial, com o PT.

Decisão sobre fraude

A Justiça Eleitoral deve decidir até junho o processo sobre a suposta fraude na cota de mulheres “laranjas” ocorrida nas eleições municipais de 2020.

*** A decisão pode alterar o plenário da Câmara Municipal, com a entrada de pelo menos dois novos vereadores.

CPI dará um basta

Rogério Carvalho (PT) diz que com 442 mil mortos, “soubemos hoje (ontem) que o presidente Bolsonaro está sendo orientado pelo Silas Malafaia”?

*** – A CPI vai dar um basta e responsabilizar o grande promoter da pandemia no Brasil!

Dominguinhos avalia

Um grupo de amigos e aliados de Dominguinhos (PT), de Estância, vai se reunir amanhã para avaliar a possibilidade dele disputar as eleições de deputado (estadual ou federal).

*** Dominguinhos não está convencido de que deve disputar eleições em 2022, mas vai ouvir os amigos e avaliar.

Inclui Sergipe

A informação é de fonte da Bahia: na conversa entre Gilberto Kassab (PSD) e Lula da Silva (PT) a pauta foi entendimento geral para 2022.

*** O assunto, claro, foi que as duas legendas caminhem juntas. Do Nordeste três Estados foram citados: Bahia, Sergipe e Pernambuco.

*** A proposta é que os dois partidos formem um bloco com boa estrutura nesses Estados e mantenham a unidade.

Ação do Cidadania

Alguns membros do Cidadania estão conscientes de que o partido tem que por a ‘cabeça de fora’, para divulgar atuação e até revelar que o partido está no páreo em 2022.

*** O Cidadania vai iniciar articulações e sair da bolha em que se encontra. Em termos de composição pode estar com o Patriotas, PTB e até o PL, através de Valmir de Francisquinho.

*** Uma coisa está quase decidida: a partir da próxima semana o Cidadania vai se mobilizar.

Seja bem vindo

Marcio Macedo (PT) comemora o retorno do ex-deputado Jean Wyllys ao Brasil: “seja bem vindo”, disse, acrescentando que “Jean é um quadro político qualificado e é bom caráter”.

*** Acrescentou: “isso sem falar que ele é natural de Alagoinhas/BA, eu falava sempre com ele na Câmara, e dizia que ele fazia parte da grande Rio Real”.

Amplia diálogo

O deputado federal Valdevan Noventa continua ampliando o diálogo sobre sua candidatura ao Senado, inclusive com o seu partido, apesar das tratativas ainda estarem no inicio.

*** Valdevan confirma que o ex-prefeito de Capela, Manuel Messias Sukita esteja inserido no projeto, que vem numa crescente.

*** Semanalmente Valdevan está em Brasília e entre uma pauta e outra conversa com lideranças do Estado e Nacional sobre sua candidatura ao Senado.

Laércio animado

O deputado federal Laércio Oliveira (PP) caiu em campo e está circulando em municípios, anunciando que será candidato a governador em 2022.

*** Ontem, Laércio Oliveira circulou por algumas cidades, e conversou com prefeitos, vice-prefeitos e lideranças políticas municipais.

*** Está animado com os contatos que vem fazendo e vai manter sua posição política.

Um bom bate papo

Roberto Freire – Vale a pena ver de novo a  explicação patética do Ministro Pazuello sobre uma irresponsável campanha do governo Bolsonaro.

Ancelmo Góes – Moradores do Leblon fazem reunião para acabar com a ocupação desordenada de restaurantes.

O Antagonista – Eduardo Pazuello tem repetido à CPI da Covid que 29 países teriam protocolos de uso de cloroquina contra o coronavírus, entre os quais Cuba.

O Antagonista – O engenheiro Amílcar Brunazo Filho disse que o sistema eleitoral do Brasil não tem transparência suficiente para permitir a detecção de fraudes.

Viomundo – Enquanto a esquerda se perde nas distrações do Bolsonaro, a boiada passa. Eletrobras, leis ambientais…

SBT News – Na CPI, o ex-ministro Pazuello disse que Bolsonaro decidiu por não intervir em crise sanitária de Manaus.

Salomão Medeiros – Com falta de vacinas, número de pessoas com segunda dose atrasada triplica e chega a cinco milhões.

Emir Sade – Internautas usaram Twitter para desmentir com eficiência mentiras de Pazuello na CPI, mostra analista de dados.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

22 de setembro é o Dia Estadual de Prevenção ao Uso de Drogas
PC divulga identificação do autor dos disparos contra delegado Marcelo Hercos
EdTechs, o presente da educação, escreve Joaldo Diniz
Mimi do Acordeon e Douglas Gavião no primeiro Forró no Parque