21/05/21 - 06:50:54

Prefeitura orienta sobre a vacinação de pessoas com comorbidades em Aracaju

Na fase atual da campanha de imunização contra a covid-19, coordenada pela Secretaria da Saúde de Aracaju, estão contempladas as pessoas com comorbidades acima de 18 anos (de maneira escalonada), além das gestantes e puérperas também com comorbidades e as pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC). Do o dia 4, início dessa etapa da vacinação, até o momento, já foram vacinadas 14.596 pessoas desse grupo.

A partir da sexta-feira, 21, as pessoas com comorbidades que por algum motivo ainda não tenham sido vacinados com a primeira dose, poderão se dirigir a um dos pontos de vacinação que funcionam das 8h às 16h.

São eles: UBS José Augusto Barreto (Japãozinho), UBS Augusto Franco (Farolândia), UBS Santa Terezinha (Zona de Expansão), UBS Marx de Carvalho (Ponto Novo), UBS Adel Nunes (América), CRAS João de Oliveira Sobral (Santos Dumont), UBS Manoel de Souza Pereira (Sol Nascente), UBS Hugo Gurgel (Coroa do Meio), UBS Cândida Alves (Industrial) e UBS Edézio Vieira de Melo (Siqueira Campos).

As pessoas cadastradas no site da Prefeitura que já receberam o código de validação também poderão se dirigir ao posto montado no Parque da Sementeira, que funciona das 8h às 17h. Tanto no posto itinerante quanto nos pontos fixos é preciso apresentar relatório médico comprovando a comorbidade, além do documento de identificação e o cartão de vacina.

Já as gestantes e puérperas com comorbidades recebem a vacina em dois pontos: a UBS Dona Sinhazinha, no bairro Grageru, ou no auditório Antônio Vieira Neto, localizado na Praça Dom José Thomaz, bairro Siqueira Campos. Em ambos os locais é necessário apresentar o código de validação do cadastro realizado no site da Prefeitura, além do documento de identificação e o relatório médico, constando a comorbidade e a situação gestacional.

Comorbidades

Seguindo o que preconiza o Ministério da Saúde, podem receber a vacina contra a covid-19 pessoas que possuem Diabetes Mellitus; Pneumopatias crônicas graves; Hipertensão arterial resistente, ou em estágio 3 ou ainda em estágio 1 e 2 com lesão em órgão-alvo ou com comorbidade; Doenças cardiovasculares; Doença cerebrovascular; Doença renal crônica;  Imunossuprimidos; Hemoglobinopatias graves (doença falciforme e talassemia maior); Obesidade mórbida (Índice de Massa Corpórea maior ou igual a 40) e cirrose hepática.

Foto: Marcelle Cristinne