22/05/21 - 08:07:49

Vereador questiona excesso de aditivos em ciclovia: “A obra não termina nunca”

A demora na conclusão das obras da ciclovia da Avenida Augusto Franco, antiga Rio de Janeiro, chamou a atenção do vereador Ricardo Marques (Cidadania). O parlamentar buscou mais informações e questiona a quantidade de aditivos realizados para a execução da reforma.

De acordo com o Portal de Transparência da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), o investimento total era de R$ 9 milhões e, após 11 aditivos, o valor da obra está em quase R$ 14 milhões. “Não consigo entender a razão de terem sido feitos tantos aditivos e, depois de tanto tempo, a obra não terminou, foi praticamente impossível contar a quantidade de remendos existentes”, questiona o parlamentar.

Por conta disso, o vereador apresentou um requerimento na Câmara Municipal de Aracaju (CMA) solicitando informações detalhadas sobre a obra. “Quero saber qual o valor específico do montante atual investido na obra e como foi direcionado para a referida ciclovia; Por qual motivo não concluíram a obra seguido a previsão de 180 dias; Por qual razão tantos buracos e depressões na ciclovia; E se existe alguma justificativa plausível para fazer 11 aditivos ao contrato originário do ano de 2019 que acabaram por elevar o valor inicial da obra”, explica.

“Recebi essa reivindicação de ciclistas e pessoas que passam diariamente no local e, assim como eu, não entendem o porquê de tanto remendo feito na ciclovia. Essa obra faz parte do Plano de Mobilidade Urbana, o qual eu já pedi mais informações detalhadas para estudá-lo. Isso é dinheiro público, não é nada demais questionar. A gente quer saber como o dinheiro da população de Aracaju está sendo aplicado”, justifica Ricardo Marques.

Wandycler Júnior – Assessoria de comunicação