24/05/21 - 05:12:49

Fones de ouvido: Uso irregular e excessivo durante pandemia pode causar surdez precoce

Dicas de saúde: Dra. Andréia Braga

Conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS), estima que 2,5 bilhões de pessoas no mundo até 2050 terão perda auditiva, devido aos excessos do uso de fones de ouvido.

Tendo uma estimativa que esse risco possa atingir 50% da população na faixa etária dos 12 aos 35 anos de vida.

Porque durante a pandemia o uso dos fones de ouvido aumentaram principalmente na população mais jovem?

Com o advento do isolamento social os jovens ficaram mais tempo em casa e tiveram que se adaptar as novas formas de continuar frequentando as aulas através de plataformas online como home office e do ensino remoto, ampliando assim a probabilidade de problemas relacionados a saúde auditiva no futuro.

Existe a possibilidade de usar os fones de ouvidos de forma segura e saudável?

Sim. Desde que se estabeleça horários adequados e volumes apropriados para uso correto do fone. Ai você deve estar se perguntando e quais serias estes horários e volumes que devo usar quando for utilizar meu fone de ouvi?

Veja: você pode usar no máximo quatro horas por dia, não esquecendo de fazer intervalos regulares, tipo a cada uma hora faça pelo menos 15 minutos de descanso sem o aparelho no ouvido, além de descansar o canal auditivo vai ajudar na ventilação do mesmo ajudando a prevenir o aparecimento de infecções e otites provocadas pelo abafamento e umidade gerada pelo uso do fone. Já em relação ao volume adequado a recomendação de especialistas é que o volume do fone de ouvido não ultrapasse 80% da capacidade máxima do aparelho.

As recomendações para o uso correto do fone de ouvido além de estabelecer intervalos e volume ideal seria: higienizar o aparelho diariamente, não compartilhar o fone com outras pessoas, nunca dormi com os fones, caso sinta algum sintoma como zumbido, chiado, apito ou qualquer outra sensação sonora ou até mesmo dor de cabeça suspenda o uso imediato e procure ajuda de um especialista para iniciar o tratamento a exemplo de um Otorrinolaringologista.