24/05/21 - 11:53:20

Janier Mota defende ampliação de serviço de reabilitação pós-Covid

Preocupada com o bem-estar dos cidadãos sergipanos que sofrem sequelas devido à Covid-19, a deputada estadual Janier Mota (PL) solicitou ao Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Saúde, a ampliação de equipe de profissionais da saúde para a reabilitação física e psicológica de pacientes pós-Covid. O pedido foi feito por meio de indicação protocolada na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese).

Também através de indicação protocolada na Assembleia, a parlamentar requereu ao Governo do Estado a implantação de um espaço destinado à reabilitação pós-Covid no futuro Centro Especializado em Reabilitação tipo IV (CER IV) – que será inaugurado em breve –, com equipe composta por fisioterapeutas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, além de médicos pneumologistas e psiquiatras.

Por meio de sessões de fisioterapia, por exemplo, a reabilitação serve tanto para aqueles que passaram por hospitalização prolongada – intubação – quanto para aqueles que tiveram a Covid-19 de forma mais branda, mas, mesmo assim, sentem dificuldade respiratória ou dificuldade para realizar atividades diárias, uma vez que a doença não atinge apenas o pulmão, mas também todo o corpo, gerando, muitas das vezes, uma fraqueza muscular generalizada.

“É sabido que a Covid-19, infelizmente, causa sequelas gravíssimas em alguns pacientes e a procura por serviço especializado aumentou, significativamente, desde o início da pandemia, em virtude da “síndrome pós-covid”, que pode abranger o comprometimento neurológico, motor, respiratório ou cognitivo. Por esta razão, protocolei na Assembleia Legislativa indicações pedindo ao Governo do Estado que amplie o atendimento para pacientes que necessitam de reabilitação pós-Covid”, informa Janier Mota.

Presidente da Comissão de Saúde da Assembleia, a deputada destaca que o seu pedido visa garantir mais qualidade de vida aos cidadãos após o ciclo da Covid-19. “Por meio de assistência de saúde multidisciplinar, os pacientes podem retornar de forma mais breve a sua vida produtiva, de trabalho e lazer”, reforça a parlamentar.

Por Tatianne Melo