Aracaju, 22 de setembro de 2021

Daniele também pode disputar o Governo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

Um provável candidato majoritário nas próximas eleições percebeu que no domingo houve uma paralisação das conversas políticas, mesmo nos bastidores. Admitiu que o momento seja de se colocar o pé no freio. Ninguém combinou essa pausa e ela deve ter se dado por coincidência, talvez em respeito aos atingidos pela pandemia. Já um dos pré-candidatos a deputado federal acha que todos estão usando telefones para conversas que não avançam, porque ainda há muito a ver e rever, e produzir alguma coisa do nada: “são mais conversas fiada, que afinadas”, admitiu.

Além das eleições, um fato chama a atenção da sociedade: o cenário da CPI da Covid-19. O que se revela por lá é simplesmente estarrecedor, porque deixa clara a omissão do Governo Federal em relação aos casos da doença que foram se alastrando, a omissão a um tratamento rigoroso para evitar as já 500 mil mortes, e as mentiras deslavadas em relação à aquisição de vacinas, de oxigênio em Manaus e a absoluta falta de seriedade na aquisição de UTIs, nas aglomerações e na divulgação – e compra – de medicamentos de eficiência não comprovada, como a Ivermectina e a Cloroquina.

No domingo o presidente da República promoveu uma manifestação no Rio de Janeiro. Até aí tudo bem. Mas a seu lado estava o ex-ministro da Saúde, general Pazuello, sem máscaras, participando do evento, o que fere o regimento do Exército e ele poderá ser punido. Mas pode piorar porque Pazuello será reconvocado para depor na CPI da Covid no Congresso e dessa vez não poderá mentir para tentar blindar o Governo. Caso tente mais uma vez usar a mesma artimanha poderá sair de lá preso. Será terrível, em uma mesma semana, um general ser punido pelo Exército e sair algemado de uma sala no Senado Federal. O quê poderá acontecer?

Mas, para não dizerem que não tratamos sobre política local, a delegada Daniele Garcia (Cidadania) anuncia, em tom amistoso, que não existe nada definido, mas ela pode ser candidata a deputada federal em 2022, também a senadora “e até a governadora”, o que não estava no script. Também, ainda se tratando de candidatura, o presidente nacional do DEM, ACM Neto, disse à senadora Maria do Carmo Alves, que o partido vê com prioridade a candidatura dela à reeleição. Ela respondeu que iria tratar sobre isso no momento certo, sinalizando de que pode acontecer.

São fatos de qualquer forma importantes, não tanto em relação a possíveis conversas que o senador Rogério Carvalho terá com Ulices Andrade e Luciano Bispo, para tentar abrir caminhos para sua candidatura a governador, mantendo a base aliada coesa em  torno do seu nome.

Com Ulices e Luciano

O senador Rogério Carvalho (PT) voltará a conversar com Ulices Andrade e também com o presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo (MDB).

*** O objetivo é tentar a unidade do bloco, segundo um membro influente nas decisões do PT.

*** Até o momento, só boa relação e a retomada das conversas, “mas com Rogério para governador”. Luciano Bispo seria a opção para vice…

Pode ter dificuldade

A informação sobre as conversas circula desde a semana passada e a unidade do grupo se admite como solução. Mas pelo menos dois partidos da base podem procurar outro rumo caso isso aconteça.

*** O presidente de um desses partidos disse que ninguém esqueceu 2020, cuja cisão se deu com o apoio da cúpula do PT.

*** – Tem mais: o bloco não é só de esquerda, também tem gente da direita e de centro.

Discute Ulices

O bloco de apoio ao governador Belivaldo Chagas (PSD) aceita bem nomes como os de Ulices Andrade, Fábio Mitidieri, Edvaldo Nogueira e Laércio Oliveira.

*** Embora não haja nada contra Rogério Carvalho, membros do grupo acham que o PT prejudicou a base aliada ao dividi-la em 2020

Emília e Daniele

A vereadora Emília Correa (Patriotas) convida Daniele Garcia para filiar-se ao partido, porque considera que a ‘dobradinha’ daria certo nas eleições de 2022.

*** Daniele Garcia (Cidadania) responde que uma dobradinha com Emília por certo seria uma excelente opção, “mas não tenho pretensão de sair do Cidadania”, disse.

Até a governadora

Perguntada se poderia ser candidata ao Senado pelo Cidadania, a delegada Daniele Garcia, diz que não há definições ainda se ela será candidata à senadora em 2022.

*** E continuou: – assim como se serei candidata à deputada estadual, ou deputada federal ou mesmo ao Governo do Estado, disse.

*** – Ué! Posso ser candidata a qualquer desses cargos, não acha?

Nada definido

Daniele Garcia disse ainda “que não há nada definido. Só que a imprensa tem fixado muito no Senado… E eu posso disputar qualquer um desses cargos”!

*** – Tenho a traquilidade de não precisar da política para viver e de não precisar de foro privilegiado para me defender do que quer que seja. Quero apenas fazer a diferença, disse.

*** – Mas lembre-se, mais uma vez: não temos nada definido… ainda! – concluiu.

D. Maria no momento certo

O presidente nacional do DEM, ACM Neto, foi muito atencioso com a senadora Maria do Carmo Alves e o presidente do DEM em Serie, José Carlos Machado.

*** Falou sobre a atuação do ex-governador João Alves Filho no DEM e aproveitou para dizer que o partido vê com prioridade a candidatura de Maria do Carmo à reeleição.

*** Maria do Carmo animou e surpreendeu, ao dizer que iria tratar sobre a reeleição no momento certo.

Difícil a federal

O ex-deputado federal José Carlos Machado (DEM) disse que se a legislação para o pleito de 2022 for mantida sem as sobras, serão muito difíceis para Assembleias e Câmara.

*** Segundo Machado, o DEM está aberto às conversas com todos os demais partidos para encontrar o melhor caminho.

*** Disse ainda que ele não tem problema em conversar com o PT, embora no passado tivessem divergências de ordem política.

Valadares a Federal

O ex-deputado federal Valadares Filho (PSB) foi a Brasília e esteve com o presidente nacional do partido, Carlos Siqueira.

*** A conversa ficou de ser afunilada, entretanto o PSB dará prioridade à candidatura de Valadares Filho a deputado federal.

*** Valadares disse que o governador do Maranhão, Flávio Dino, vai se filiar no PSB dia 28 e será candidato ao Senado.

Valmir vai navegar

O ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL), sobre uma aliança com o Governo: “temos que vê o que é possível para o agrupamento do Partido Liberal”.

*** E acrescentou: “acho que o Governo não precisa da gente não. Já tem grupo formado, né?, então vou navegar e ver o que o povo pensa, com sentimento de renovação e mudança”.

Presta solidariedade

O senador Rogério Carvalho (PT) solidarizou-se ontem com cada uma dessas 450.026 famílias das vítimas fatais desse projeto genocida de Bolsonaro.

*** A Bandeira do Brasil com 2,7% da população mundial, responde por mais de 1/3 das mortes por COVID no Globo terrestre das Américas.

*** Governo ignora vacinas e aposta na imunidade de rebanho, com contaminação em massa.

Um bom bate papo

Belivasretado – Quem se emociona ao ouvir “eu te amo” é porque nunca ouviu “acabei de passar o café”.

Prédio privado – Não dá para explorar politicamente a desocupação de um prédio privado dentro do cumprimento judicial. Um erro tentar a politização.

TV Cultura – Renan Calheiros afirma que o ato foi uma “procissão em louvor do vírus” e uma “declaração de guerra ao SUS”.

República da Curitiba – Maria do Rosário se revolta contra multidão de apoiadores de Bolsonaro no Rio: ‘Escárnio com o povo brasileiro. Desumano!’

Poder – Presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (@OmarAzizSenador), diz que se Pazuello mentir à CPI da Covid “sairá algemado”. Muitos gostariam de ver essa…

Wellington Saraiva – “A cadela do fascismo está sempre no cio.” Bertolt Brecht // Impedir a imprensa de realizar seu trabalho é coisa de autoritários, gente que não sabe viver em democracia.

O Caju – Mesmo com a ausência da prefeitura, vereador Ricardo Marques  avalia que Audiência Pública sobre transporte traz resultados positivos.

Nelson Paffi – Desta vez não houve tempo para impedir a “imprença” de divulgar a prisão do cunhado do Gilmar Mendes, por posse de drogas e arsenal de armas. Dormiu no ponto, Gilmar.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

22 de setembro é o Dia Estadual de Prevenção ao Uso de Drogas
PC divulga identificação do autor dos disparos contra delegado Marcelo Hercos
EdTechs, o presente da educação, escreve Joaldo Diniz
Mimi do Acordeon e Douglas Gavião no primeiro Forró no Parque