28/05/21 - 06:04:39

Prefeitura finaliza cadastro de famílias acolhidas da Ocupação Mulungu

Mais 36 famílias da Ocupação Mulungu foram atendidas pela Prefeitura de Aracaju, por meio da equipe da Gestão Social da Habitação da Secretaria Municipal da Assistência Social, nesta quinta-feira, 27.

O atendimento iniciado na quarta-feira, 26, faz parte do diálogo realizado durante a  reintegração de posse realizada no domingo, 23, pela Polícia Militar do Estado de Sergipe, onde a equipe da Assistência Social atuou , mesmo sem responsabilidade legal, buscando a garantia da proteção social dos cidadãos envolvidos. Através deste contato, a equipe da administração municipal pôde realizar um levantamento da atual situação socioeconômica dessas famílias, para discutir possíveis ações socioassistenciais as quais essas famílias venham a ter direito, além de possibilitar a inclusão das novas famílias que chegaram à ocupação após a última ação de cadastramento realizada em março deste ano, quando a equipe da Assistência Social visitou a ocupação.

Quem chegou ao espaço das Diretorias de Gestão Social da Habitação, Direitos Humanos e Cadastro Único, localizada na avenida Augusto Maynard, no bairro São José, obedeceu ao distanciamento social, com entrega de senhas e entrada limitada por blocos. O uso de álcool 70% e máscara foram obrigatórios durante todo o processo de atendimento.

Sobre o primeiro dia de atendimento a esse público, a quarta-feira, 26, a coordenadora de Políticas de Transferência de Renda da Assistência Social, Yolanda Oliveira, ressaltou que decisão por iniciar pelas nove famílias que ainda permanecem acolhidas pelos dois abrigos mantidos pela Prefeitura de Aracaju e pela Casa de Passagem do Estado, foi uma forma de tranquilizar quem realmente não tem um lar para se acomodar.

“Tivemos dois dias de atendimentos que exigiram muita dedicação. Nós decidimos dividir em dois momentos por questões de protocolos de higiene e segurança contra a covid-19, bem como para podermos dar celeridade na avaliação de quem está nos abrigos, aguardando um parecer da situação. Agora, iremos dar andamento às nossas avaliações junto a cada cadastro e ao sistema”, pontuou Yolanda.

Segundo a diretora da Gestão Social da Habitação da Secretaria Municipal da Assistência Social, Rosária Rabelo , nos dois dias, o total de 45 famílias foram atendidas pela equipe, número maior do que o atendido no momento da reintegração de posse, o que mostra a divergência de informação que tem circulado em alguns locais.

“Durante esses dois dias realizamos a atualização do CadÚnico daquelas famílias que já possuíam o cadastro, mas, também, realizamos o cadastro daquelas que ainda não possuíam cadastramento. Dessa forma, conseguiremos fazer uma análise mais aprofundada da real situação dessas famílias. Ontem atendemos nove famílias e hoje atendemos mais 36, totalizando 45. Vale ressaltar que no dia da desocupação atendemos 28, ou seja, conseguimos realizar o atendimento de outras 17 famílias, as quais se diziam ocupantes daquele espaço, mas que só tiveram contato conosco depois da ação de reintegração”, pontuou.

Sobre as próximas etapas, a diretora Rosária Rabelo concluiu: “foi um atendimento bem tranqüilo, com atuação das nossas assistentes sociais, com escuta qualificada e atendimento acolhedor para que possamos, de fato, entender melhor a situação de cada uma delas. Após esse atendimento, iremos realizar o cruzamento de dados para conhecermos quais benefícios elas já possuem e possamos identificar as famílias que possam ter direito a algum outro tipo de benefício socioassistencial”.

Assessoria de Comunicação da Assistência Social de Aracaju