31/05/21 - 15:13:51

Governo de Sergipe entrega empreendimentos produtivos em Poço Verde

Entreposto de Ovos e Centro de Artesanato foram apoiados pelo Projeto Dom Távora

Ao longo da última semana, o Governo de Sergipe realizou uma série de entregas de empreendimentos produtivos, em uma programação alusiva ao Dia do Trabalhador Rural (25 de maio). Em Poço Verde, foi realizada a entrega do Entreposto de Ovos do Assentamento Nossa Senhora das Lajes e da Reforma do Centro de Artesanato do Povoado Amargosa, em Poço Verde. Através da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), as atividades produtivas foram apoiadas com recursos do Projeto Dom Távora, fruto de acordo internacional entre o Estado e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA). Os empreendimentos entregues estão entre os 22 realizados com recursos do projeto só naquele município.

O Entreposto de Ovos irá fortalecer a cadeia produtiva da avicultura, promovendo a produção e comercialização de produtos agroecológicos produzidos por mulheres e jovens do assentamento, por meio da Associação dos Produtores do Projeto de Assentamento Santa Maria da Laje. O entreposto irá formalizar a comercialização de ovos da Rede de Produtoras de Ovos Caipira e Ovos de Capoeira de Poço Verde, com acesso a mercados até então inexplorados, agregando valor aos produtos, e gerando trabalho e renda. O Plano de Investimento Produtivo beneficiado pelo Dom Távora para a comercialização de ovos de galinha deverá atender, neste primeiro momento, 26 beneficiários, somados a outros 40 da Rede de Produtoras de Ovos Caipira e Ovos de Capoeira, com perspectiva de envolver os 96 avicultores de Poço Verde e alcançar, ainda, Simão Dias e Tobias Barreto.

A entrega da Reforma do Centro de Artesanato do Povoado Amargosa fomenta a atividade de tecelagem artesanal em tear de pedais, tradicional em Amargosa há cerca de 50 anos. A confecção artesanal de redes é o principal destaque e a reestruturação do sistema de produção na comunidade possibilitou reforma da sede da associação, espaço de produção de redes, da cisterna de captação de água pluvial, e melhorias no entorno, como a pavimentação em paralelepípedos. Com o recurso investido pelo Projeto Dom Távora foi possível, ainda, adquirir novos equipamentos para a produção de redes, reformar e realizar manutenção em equipamentos existentes para tear. Também foram adquiridas matérias-primas para a produção, como coxinilhos, almofadas, cortinas, tapetes, jogos americanos, mantas para sofá lisa e sem babado, etc.

Presente nos atos simbólicos de entrega, o secretário de Estado da Agricultura, André Bomfim, reafirmou a alegria de ver o Projeto Dom Távora cumprindo o objetivo a que se propôs junto ao FIDA, de criar condições concretas de melhoria da qualidade de vida das famílias rurais, por meio do fortalecimento de empreendimentos produtivos comunitários. “Nesse dia, em Poço Verde, inauguramos o entreposto de ovos que beneficia dezenas de famílias da comunidade de Santa Maria, uma forma de apoiar o escoamento da produção agrícola, complementando dez projetos de avicultura financiados. E também Inauguramos o Centro de Tecelagem no povoado Amargosa, uma ação que fomenta a atividade e contribui para a complementação da renda familiar, além, claro, de apoiar o resgate da cultura local. Ao todo, são mais de R$ 7 milhões aplicados só pelo Dom Távora para ações que beneficiam o homem e a mulher do campo”, completou o secretário.

Destacando a importância das entregas para a economia local, o prefeito de Poço Verde, Iggor Oliveira, se dispôs a continuar apoiando os empreendimentos. “É uma honra, como prefeito de Poço Verde, inaugurar obras tão importantes para os produtores do município. Um grande entreposto de ovos foi entregue à comunidade, como também o centro de tecelagem para os artesãos da comunidade Amargosa. Como gestores locais, que trabalhamos muito para que nossa economia local venha alavancar cada vez mais, vemos como uma ação importante. Estar ao lado dos produtores neste momento nos traz uma alegria imensa, e uma certeza de que em breve esses produtos vão ser comercializados, criando melhores condições de vida, gerando emprego para o nosso município”, disse o prefeito, que demonstrou interesse em adquirir ovos da cooperativa para a merenda escolar do município, além de ajudar na divulgação dos produtos da tecelagem.

Esperança

A Presidente da Associação dos Produtores do Projeto de Assentamento Santa Maria da Laje, Gilene Leal de Santana falou do sentimento esperança de dias melhores com a inauguração do empreendimento. “Sou filha de produtor e nunca tinha visto falar em homenagem ao produtor rural nem reconhecimento de que é esse trabalhador que leva comida à mesa de todos. Essa homenagem e este investimento do Governo do Estado, a gente só tem a agradecer e dizer que continuamos sonhando, porque sonhar é acreditar e lutar. Hoje, nós temos esse fruto de um sonho antigo e estamos apenas iniciando. Daqui pra frente nosso sonho maior é que a gente ganhe mercado, que tenha produto suficiente para expandir nosso produto, nossa marca”, disse.

Segundo a artesã de Poço Verde, Renilda Maria dos Santos, a chegada do projeto restaurou não só o prédio e os equipamentos, mas também a autoestima das artesãs. “Hoje, temos o privilégio de sermos beneficiados pelo Dom Távora. Nossa proposta foi concretizada de acordo com o que tinha sido apresentado pelo grupo das artesãs para fortalecer nossa tecelagem. Conseguimos restaurar os equipamentos de trabalho, reformamos o espaço físico, adquirimos matéria-prima de qualidade e novos equipamentos. Houve também capacitação e troca de experiência. Tudo isso nos fortaleceu ainda mais para produzir coletivamente. Diante disso, somos gratos à Seagri, ao FIDA e às equipes da Emdagro e da Prefeitura. Meu pedido agora é que a população venha comprar nossos produtos. Nosso artesanato tem 50 anos aqui no povoado, expressa a luta de um povo, a história de nossos antepassados. Todo cidadão que compra uma peça de artesanato da Amargosa, leva também a história e a cultura de nosso povo”, concluiu.

Fonte e foto SEAGRI/SE