Aracaju, 2 de agosto de 2021

Prefeitura segue fiscalizando normas de biossegurança em escolas, berçários e creches

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Com o objetivo de garantir o cumprimento das normas de biossegurança preventivas à covid-19, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por meio da Rede de Vigilância Sanitária e Ambiental (Revisa) segue realizando o trabalho de fiscalização nas escolas, berçários e creches do município.

Segundo a gerente de Serviços de Interesse à Saúde da Rede de Vigilância Sanitária e Ambiental (Revisa), Andreza Messias Imidio, as fiscalizações averiguam o cumprimento do que foi preconizado no protocolo sanitário de retomada das aulas presenciais.

“A exemplo das carteiras nas salas de aula, se elas estão a um distanciamento de 1,5 metro a 2 metros; se existe ventilação nas salas com janelas, ou se possui ventiladores e se estes estão adequados a cada sala. Também é orientada a demarcação das carteiras para que os alunos não troquem de assento, e a higienização das mãos com álcool em gel ou álcool 70%”, explica Andreza.

A atuação da Vigilância Sanitária é voltada para orientação e, quando fiscaliza as adequações necessárias, as equipes do órgão determinam um prazo de retorno.

“No item limpeza e desinfecção, caberá às escolas intensificar a frequência dos procedimentos de limpeza e desinfecção de instalações sanitárias e todas as superfícies de grande contato. Sobre o controle de temperatura, as unidades de ensino devem aferir a temperatura corporal dos funcionários e alunos na entrada, restringindo o acesso e orientando a buscar o Sistema de Saúde caso alguém esteja com temperatura corporal acima de 37,8ºC ou apresente sintomas respiratórios”, enfatiza Andreza.

Para a coordenadora e nutricionista de uma das escolas fiscalizadas, Wiliane Nery, esse trabalho da Vigilância Sanitária é bastante importante para reforçar os protocolos. “É de extrema importância esta fiscalização. A Vigilância averigua se está tudo certo como determina o decreto. Nós acreditamos no bem-estar das crianças, e elas precisam estar seguras nas escolas”, disse.

Dados e denúncia

As escolas devem criar um ambiente para promoção do isolamento imediato de qualquer pessoa que apresente os sintomas característicos da covid-19, orientando-a e a seus familiares a seguirem os procedimentos indicados pelas autoridades de saúde pública.

A atuação da Vigilância Sanitária é voltada para orientação e, quando fiscaliza as adequações necessárias, as equipes do órgão determinam um prazo de retorno. Havendo o descumprimento das medidas nos estabelecimentos da capital, as denúncias podem ser realizadas junto à Ouvidoria da Secretaria Municipal da Saúde, pelo telefone 0800 729 3534, digitando a opção 7.

Fonte e foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Prefeitura de Salgado inicia pavimentação no Conjunto de Gileno
População de Telha ganha o Estádio “Caldeirão Mamaê”
Hemose convoca doadores para recompor estoques de sangue
Senadora Maria do Carmo lamenta alto índice de brasileiros na extrema pobreza