Aracaju, 27 de julho de 2021

ITAPORANGA FIRMA ACORDO PARA IMPLEMENTAR POLÍTICA PÚBLICA DE APRENDIZAGEM

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE) e o Município de Itaporanga D’Ajuda firmaram acordo para elaboração de Projeto de Lei referente à contratação de aprendizes na administração pública. O acordo foi assinado e homologado pela Justiça do Trabalho, em processo cujo objeto envolvia, inclusive, flagrantes de trabalho infantil no matadouro público municipal quando estava em funcionamento. O MPT considera a aprendizagem profissional uma política pública de prevenção e erradicação do trabalho infantil, além de estar aliada à educação e inclusão social.

O Município de Itaporanga D’Ajuda deve encaminhar projeto de lei à Câmara de Vereadores e implementar a contratação de aprendizes no âmbito municipal, além de autorizar que os órgãos e entidades da Administração Pública Direta e Indireta funcionem como concedentes da experiência prática do aprendiz. Até 31 de janeiro de 2022, os aprendizes devem ser contratados.

Com isso, jovens e adolescentes vulneráveis serão inseridos no mercado de trabalho de forma segura, protegida e com os direitos trabalhistas garantidos. O Município de Itaporanga D’Ajuda se comprometeu a manter o quantitativo de aprendizes contratados correspondente ao percentual de 5% (cinco por cento) sobre o número de cargos públicos efetivamente providos, iniciando no percentual de 2% (dois por cento), que será aumentado em 1% (um por cento) a cada ano até atingir os 5% (cinco por cento).

O acordo

O MPT-SE e o Município de Itaporanga D’Ajuda haviam firmado acordo judicial no valor de R$ 200 mil após flagrante de trabalho infantil no matadouro público municipal. Com a desativação do matadouro, o valor da multa será revertido, inclusive, para o início da implementação e custeio do Programa de Aprendizagem Profissional na Administração Pública. Após a utilização do valor da multa, o Município deve manter o programa de aprendizagem, alocando recursos financeiros bastantes para o cumprimento da cota de aprendizes pelos órgãos da Administração Pública Direta, Autárquica e Fundacional, propondo, regularmente, a previsão dos referidos recursos no Plano Plurianual (PPA), na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e na Lei Orçamentária Anual (LOA).

Aprendizagem profissional na administração pública

O Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE) e o Ministério Público de Sergipe (MPSE) estão realizando audiências públicas com o Estado de Sergipe e com os 75 municípios sergipanos para tratar da implementação da aprendizagem profissional na administração pública. Durante as audiências públicas é apresentada minuta de projeto de lei aos municípios e ao Estado de Sergipe, visando à institucionalização da política pública de aprendizagem profissional na Administração Pública.

Por Ana Alves

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Comandante Militar do Nordeste é condecorado por deputados estaduais na Alese
Cata-treco: confira a programação desta terça-feira, 27, em Aracaju
Boletim do coronavírus em Aracaju: 189 novos casos e dois óbitos
XXIV Missa do Cangaço será transmitida ao vivo do Museu da Gente