07/06/21 - 16:42:47

Prefeitura realiza distribuição de EPIs para alunos da rede municipal de ensino

Para os alunos que compõem a rede municipal de ensino de Aracaju, a proteção contra o novo coronavírus está ganhando um reforço. Através do Programa Saúde na Escola (PSE), a Prefeitura de Aracaju realizou a compra de diversos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para serem distribuídos entre os estudantes da rede.

Com os recursos federais, obtidos através do PSE, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) realizou a aquisição de diversos EPIs. A distribuição está sendo realizada ao longo da semana pela Secretaria Municipal da Educação (Semed).

“Organizamos a logística de distribuição nas escolas semelhante à entrega dos kits de alimentação. Iniciamos pela região de maior vulnerabilidade da cidade, de acordo com o Observatório Social de Aracaju, que são os bairros 17 de Março e Santa Maria. Até o dia 10 de junho, percorreremos todas as oito regiões administrativas da cidade, entregando os EPIs nas 74 escolas da rede”, explica a secretária municipal da Educação, Maria Cecília Leite.

No total, mais de 140.000 itens serão distribuídos, dentre os quais protetor facial infantil (face shield), que serão entregues para os alunos do Infantil III, Infantil IV, Infantil V e alunos do 1° ano do Ensino Fundamental; máscaras tamanho P, distribuídos para crianças de 4 e 5 anos (Infantil IV e Infantil V); máscaras tamanho M, para alunos de 6 a 10 anos (1º ao 5º anos do Ensino Fundamental); máscaras modelo adulto, distribuídos para os alunos do 6º ao 9º ano e da Educação de Jovens e Adultos.

Além disso, também estão sendo distribuídas squeezes, para alunos do 1º ao 4º ano, porta-máscara para alunos do Infantil IV ao 6º do Ensino Fundamental, termômetro clínico infravermelho sem contato (dois por escola) e álcool em gel 70% (1º ao 4º ano do Ensino Fundamental).

Além da distribuição dos equipamentos, a Semed enviou para as escolas cópias do ‘Programa Saúde na Escola: documento orientador para as unidades de ensino da rede municipal de Aracaju’, elaborado pela Coordenadoria de Políticas Educacionais para a Diversidade (Coped).

“O documento esclarece as principais dúvidas de gestores e professores acerca do PSE, a fim de que os coletivos escolares compreendam melhor o Programa e possam ajudar em sua operacionalização da melhor forma possível. Ressalto que nesse documento não constam informações novas ou deliberações e fluxos locais. Nele, foram condensadas as principais informações acerca do PSE, oriundas de documentos emanados pelos Ministérios da Saúde e da Educação, tais como portarias, guias, manuais etc.”, explica Maíra Ielena Nascimento, coordenadora da Coped.

Após o recebimento dos equipamentos, as unidades de ensino organizarão a logística de distribuição para seus estudantes. Na Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Antônio Valença Rollemberg, localizada no bairro Farolândia e que possui 173 alunos matriculados o esquema de entrega será decidido junto com o Conselho Escolar.

Desde o início da pandemia, orientamos os alunos e as famílias, inclusive nas aulas online, sobre os cuidados que precisar ter para não se infectar com o vírus. Nós vemos crianças que usam máscaras em más condições porque só tem aquela mesma ou os pais dizem que o filho não tá usando a máscara porque não tem. Agora, com o recebimento destes kits, terão como se proteger melhor”, afirma a coordenadora pedagógica da Emei, Monique Silva Rocha.

Na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Nossa Senhora Aparecida, também localizada na Farolândia, os estudantes já receberam orientações de uso dos equipamentos de proteção. “Já vimos situações em que os pais pegam máscaras emprestadas de outras pessoas para entrar na escola, daí sabemos que muitos têm essa dificuldade financeira para comprar máscara e álcool, por isso é muito importante essa distribuição nas escolas. Buscamos conscientizá-los de que a Covid não está para brincadeira e que temos que seguir todos os protocolos”, pontua a coordenadora pedagógica da Emef, Lindete Nunes de Oliveira.

Programa Saúde na Escola

O Programa Saúde na Escola (PSE) é uma política intersetorial dos Ministérios da Saúde e da Educação, instituída pelo Decreto Presidencial nº 6286 de 05/12/2007. O principal objetivo do PSE é integrar as redes de Educação Básica e de Atenção Básica à Saúde nos territórios de responsabilidade das equipes de Saúde da Família, visando a melhoria da qualidade de vida e das condições de saúde dos educandos.

Com a adesão do município ao PSE, cada escola pactuada passa a ter uma Unidade de Saúde da Atenção Básica como referência para executar conjuntamente ações de promoção da saúde. Nesse sentido, a interação entre equipes de Saúde da Atenção Básica e equipes de Educação no planejamento, na execução e no monitoramento de ações de prevenção, promoção e avaliação das condições de saúde dos estudantes é primordial para a efetivação do Programa.

Fonte e foto assessoria