Aracaju, 21 de outubro de 2021

Ação humanitária da Sergas arrecada alimentos, rações e materiais de higiene

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Sergas e seus colaboradores realizaram nesta terça-feira (15) uma ação humanitária de doação de alimentos para duas instituições voltadas à assistência de pessoas em vulnerabilidade social. A campanha envolveu também a doação de rações e material de higiene para instituições que cuidam de animais carentes e abandonados. Esta iniciativa faz parte do movimento “Gás Natural, Energia que Salva Vidas”, na qual a companhia e seus trabalhadores seguem realizando diversas atividades de cunho social.

Juntos, a Sergas e seus funcionários arrecadaram cerca de três toneladas de alimentos e materiais de higiene. Os alimentos foram destinados à Casa de Acolhimento LAR DULCE LAR, localizada no município de Poço Redondo. O Instituto RAHAMIN, localizado no bairro Santa Maria, em Aracaju, foi mais um dos contemplados. Os itens de higiene e rações para cães e gatos, por sua vez, foram divididos entre cinco instituições especializadas no cuidado de animais abandonados: FRATERNIDADE PET ONG, ADASFA, ONG ANJOS e LAR PROVISÓRIO DA TIA GIL,  situadas em Aracaju, e MEU CORAÇÃO TEM 4 PATINHAS, do município de Barra dos Coqueiros.

“A doação que a Sergas nos trouxe se reveste de enorme importância, porque é um momento terrível de fome e necessidades básicas. Essa ação da Sergas irá contribuir sobremaneira para atenuar as necessidades alimentares de um grande contingente de pessoas que são assistidas pelo Instituto”, afirma o fundador e administrador do Instituto Rahamin, Cristiano Santos. Segundo ele, a entidade existe há vinte anos, assistindo não só o bairro Santa Maria como os municípios de Laranjeiras e Salgado. A instituição tem como propósito atender famílias em estado de vulnerabilidade alimentar e fortalecer vínculos sociais, acompanhando crianças até a fase adulta e oferecendo atividades esportivas e culturais.

Para a representante da ONG FRATERNIDADE PET, Sandra Oliveira,  as doações realizadas pela Sergas vem sendo de grande ajuda. “Com o advento da pandemia, aumentou consideravelmente o número de animais abandonados. Nosso projeto acolhe e trata cães e gatos enfermos da região do Santa Lúcia, e conta com alguns lares provisórios. Com a queda nas doações, ficou impossível manter vários desses lares de apoio. Esta doação mais uma vez chega em um momento imprescindível. Agradeço muito pela ação social realizada pela Sergas, que vem nos ajudar a manter esses animais saudáveis e longe das ruas”, relata.

Empatia

A ação humanitária “Gás Natural, Energia que Salva Vidas” compreende ainda outras iniciativas, a exemplo de doações de sangue, ações de prevenção e combate ao câncer e assistência a lares de idosos. Todas essas práticas buscam fornecer uma contribuição expressiva na transformação das vidas de diversos sergipanos, tanto na capital como no interior.

Segundo o diretor presidente da Sergas, Valmor Barbosa, a campanha é motivada pelo sentimento de empatia. “Imagine quantas pessoas estão sofrendo com esse período de distanciamento social, sem ter como garantir o mínimo para a sobrevivência de seus entes. Por isso, pensando no lado social, a Sergas e os funcionários procuram estar sempre juntos às entidades civis organizadas, atuando de forma colaborativa. Estamos doando alimentos, rações e materiais de higiene para entidades reconhecidas e de credibilidade, com o objetivo de minimizar as dificuldades de pessoas e animais vulneráveis”, comenta.

Texto por José Castilho Almeida de Jesus

Foto ASCOM/Sergas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Governo de Sergipe paga o auxílio tecnológico a mais de 5.700 professores
Simula Enem aplicado presencialmente em todos polos Preuni
Belivaldo mostra o “dever de casa” que fez nas contas do Estado para “Sergipe avançar”
18 anos do Bolsa Família são destacados pelo deputado João Daniel em sessão da Câmara